Afiliado a:

1º de setembro – Dia do Médico Endocrinologista

A comemoração do Dia Nacional do Médico Endocrinologista coincide com a fundação da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), que é a terceira no mundo na sua especialidade, com mais de quatro mil associados em todo o país.

O Médico Endocrinologista é reconhecido por cuidar de doenças como obesidade e diabetes mellitus. No entanto, tratam também da reposição hormonal masculina e feminina (menopausa e hipogonadismo masculino), alterações menstruais, alterações do crescimento e desenvolvimento da criança, distúrbios da puberdade, alterações dos lipídios (colesterol e triglicerideos), alterações do metabolismo osseo, doenças da tireoide, das adrenais e da hipofise.

A SBEM foi fundada sob o nome de Sociedade de Endocrinologia e Metabologia do Rio de Janeiro em 1º de setembro de 1950, por iniciativa do Dr. José Schermann, do Dr. Francisco Arduíno, do Prof. Clementino Fraga Filho, do Dr. Heitor Felix e do Dr. Nelson Nogueira. Foi transformada em Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia após démarches entre a Sociedade do Rio de Janeiro e Endocrinologistas de São Paulo. Em reunião ocorrida na Santa Casa de São Paulo, no dia 30 de agosto de 1954, foi adotada, definitivamente, a modificação do nome da Sociedade para SBEM, com a participação, entre outros, dos professores Waldemar Berardinelli e Ulhôa Cintra e dos Drs. Ulisses Lemos Torres, Arnaldo Sandoval, A Mesquita Sampaio, Luciano Décourt e Eugênio Chiorbolli.

O Especialista
Para se tornar um especialista em endocrinologia o médico precisa ter dois anos de residência na especialidade ou cinco anos de trabalho comprovado, além de ser provado em um concurso anual para título de especialista promovido pela SBEM.

Fonte: SBEM

Deixar um comentário