Afiliado a:

4 de dezembro – Dia Latino-ibero-americano contra ataques a Médicos e Profissionais da Saúde

A Confederação Médica Latino-Ibero-Americana e do Caribe (Confemel) divulga um manifesto sobre a violência contra médicos e profissionais da saúde. A entidade argumenta que as agressões no âmbito da saúde deterioram a qualidade assistencial porque rompem a confiança médico-paciente, que é imprescindível para se conseguir bons resultados e também promovem a inaceitável medicina defensiva.

A Confemel propõe a adoção de algumas medidas preventivas e de segurança no entorno dos estabelecimentos de saúde para proteger os profissionais, a habilitação dos profissionais para que eles possam se proteger em casos de agressão e a sensibilização da sociedade para que ela entenda a saúde como um bem público essencial, a ser utilizado de forma responsável e promovendo o respeito para os profissionais de saúde.

O documento foi elaborado durante a Assembleia da Confemel, realizada em Brasília em novembro de 2016. O dia 4 de dezembro foi instituído pela entidade como o Dia Latino-ibero-americano contra ataques a Médicos e Profissionais da Saúde em abril deste ano, durante a Assembleia realizada em Montevidéu (Uruguai). A data remete ao assassinato do médico oftalmologista brasileiro Marco Antônio Becker, ex-presidente da Confemel e do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers).

Deixar um comentário