Afiliado a:

AGE no Sindmepa médicos de Ananindeua

Uma Assembleia Geral vai reunir, nesta quarta-feira (30), médicos das UPAs de Ananindeua, Cidade Nova e Icuí Guajará, às 19h, na sede do Sindicato dos Médicos para discutir as condições de trabalho e redução do número de plantonistas noturnos nas unidades.

Há pelo menos dois anos os profissionais da medicina que trabalham das UPAs da Cidade Nova e Icuí Guajará reclamam da falta de repouso durante os plantões.

Na última semana, trabalhadores da UPA II de Ananindeua relataram ao Sindmepa a precariedade do funcionamento da unidade de saúde. Há falta de materiais básicos como gaze, atadura, álcool e luvas, e também de medicamentos como benzetacil e ampicilina, essenciais ao atendimento de U/E. Falta até mesmo água mineral na unidade. Não há condições mínimas de trabalho e os profissionais ficam expostos a agressões verbais por parte da população. Um ofício já foi enviado à prefeitura de Ananindeua exigindo melhorias. O mesmo problema também ocorre na UPA I de Ananindeua e na de Icoaraci.

Deixar um comentário