Afiliado a:

Aprovado ingresso da FMB à Confemel

O ingresso da Federação Médica Brasileira (FMB) na Confederação Médica Latino-iberoamericana e do Caribe (Confemel) foi aprovado durante a realização da Assembleia Geral Extraordinária da entidade, realizada nos dias 25 e 26 de abril, em Montevidéu, Uruguai. Emissários de 21 organizações médicas de países latino-americanos abordaram, dentre outros temas, o projeto de revisão do estatuto da entidade, a formação médica no continente, os determinantes sociais em saúde e a violência contra médicos.

confemel 2016 (3)

“A aprovação da FMB na Confemel é o reconhecimento internacional da representatividade dos 14 sindicatos médicos fundadores da nossa Federação”, destaca o presidente da entidade que representa pelo menos 200 mil médicos brasileiros, Waldir Araújo Cardoso, que esteve acompanhado no evento da secretária Geral da FMB, Maria de Lourdes Carneiro David de Souza. Também representando os médicos brasileiros participaram do evento Carlos Vital (presidente do Conselho Federal de Medicina – FMB), Florentino Cardoso (presidente da Associação Médica Brasileira – AMB), Eduardo Santana (ex-secretário Geral da Confemel), Wilson Machado (presidente da Federação Médica da Amazônia – Femam), entre outros representantes médicos vinculados às entidades nacionais.

“A participação dos dirigentes do CFM e da AMB foi muito importante porque eles avalizaram e apoiaram o nosso pleito à Confemel, que prevê trabalhar em defesa da categoria médica brasileira” acrescenta Waldir.

Os debates 

Dentre os debates, destaque para a mesa Previdência Social Médica, que tratou dos diversos sistemas e estratégias de apoio ao médico, como aposentadorias e apoio financeiro na invalidez. Destaque também para a Organização Médica Estudantil da Espanha (OMC), que mantém há 100 anos uma fundação de apoio aos médicos daquele país.

A delegação espanhola também apresentou um Acordo de Cooperação entre o Conselho Geral de Faculdades de Medicina daquele país e da Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA) para a formação de profissionais da América Latina em radiologia, medicina nuclear, radioterapia e física médica. O acordo prevê o treinamento e assessoramento técnico de especialistas destas áreas a bolsistas latino-americanos.

Outra mesa importante foi a que discutiu Agressões a Médicos, ocasião em que Bolívia, Uruguai, Espanha e Costa Rica apresentaram a situação da agressão a médicos em seus países e as medidas adotadas para o enfrentamento do problema.

Basta de agressão!

Ao final da assembleia foi aprovado o dia 4 de dezembro como Dia Internacional contra Agressão a Médicos e Trabalhadores da Saúde. A data remete ao assassinato do médico oftalmologista brasileiro Marco Antônio Becker, ex-presidente da Confemel e do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers).

A entidade

A Confemel é uma entidade privada não governamental constituída por instituições médicas nacionalmente representativas do Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela, Costa Rica, Guatemala, Haiti, Honduras, El Salvador, República Dominicana, Nicarágua, Panamá, Porto Rico, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai. Em 2015, foram aprovadas as participações Portugal e Espanha como membros permanentes da Confederação.

Dentre os objetivos da Confemel está o intercâmbio de experiências sociais, científicas, tecnológicas e políticas em favor da saúde das pessoas que atuam na saúde. Outra finalidade é fortalecer as organizações médicas, garantir o prestígio e a dignidade da profissão, difundindo o cumprimento das normas éticas.

Com sede administrativa em Montevidéu, Uruguai, seu atual presidente é o argentino Rubén Horacio Tucci. O conselheiro federal pelo Rio Grande do Norte, Jeancarlo Cavalcante, tomou posse como vice-presidente da Confemel em novembro de 2015.

#FMB #Confemel #medico #medicina #saude #iberoamericana

Fonte: FMB

Deixar um comentário