Afiliado a:

FMB defende extinção gradativa da contribuição sindical obrigatória

Por compreender que o Brasil necessita de reestruturação e da cobrança de menos impostos, a Federação Médica Brasileira (FMB) posiciona-se pelo fim da contribuição sindical obrigatória.

Para a FMB, os sindicatos verdadeiramente representativos continuarão com a arrecadação opcional das mensalidades de seus filiados e outras fontes de custeio e manterão suas atuações fortalecidas e reconhecidas pelos trabalhadores que representam.

Assim apoiamos a proposta de extinção da obrigatoriedade, ponderando que seja gradativa, em cinco anos, para patrões e empregados. Desta maneira será possível que os sindicatos que dependem desta fonte se reestruturarem, adequando-se às novas normas trabalhistas, mantendo o padrão de atendimento a seus filiados.

 

Deixar um comentário