Afiliado a:

Médicos querem honorários com base na CBHPM em vigor

Médicos de várias especialidades estiveram reunidos ontem à noite em Assembleia Geral, coordenado pela Comissão Estadual de Honorários Médicos (CEHM), no Sindmepa, para discutir contratualização e negociações de honorários médicos com planos de saúde.

Contrato padrão para contratualização a ser enviados às sociedades de especialidades e médicos em geral; manutenção do movimento de descredenciamento individual dos planos de saúde que não praticam valores justos; utilização da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) em vigor como parâmetro de negociação; e a continuidade de negociações por meio da Comissão Estadual de Honorários Médicos (CEHM) foram as principais deliberações aprovada na Assembleia.

De acordo com o diretor João Gouveia, nos últimos três anos as negociações com os planos de saúde estagnaram, pois eles não aceitam pagar de acordo com a tabela da CBHPM em vigor.

A CBHPM é uma forma dos médicos brasileiros resgatarem o direito de valorizar o seu trabalho perante as operadoras de planos de saúde.

Segundo a CBHPM em vigor, médicos que trabalham para planos de saúde deveriam receber cerca de R$ 85,00 por consulta realizada, porém a realidade é que existem médicos, em Belém, recebendo 38 reais por consulta ou menos.

 

Deixar um comentário