Médicos de Parauapebas entram em greve nesta quarta-feira

Após várias tentativas de acordo com a gestão, médicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Parauapebas decidiram parar suas atividades a partir das 13 horas de hoje. Os problemas vêm se acumulando desde o ano passado quando a categoria chegou a comunicar ao Ministério Público os problemas com a remuneração dos médicos. Este ano, a relação com a gestão piorou a partir de abril, quando a prefeitura começou a atrasar o pagamento dos salários dos médicos do município, enquanto as demais categorias continuaram recebendo em dia seus proventos.

Além de não dar quaisquer satisfações aos médicos, a Semsa começou a punir com desligamento do quadro funcional aqueles que reclamavam. Em março foi elaborada uma lista de demissões, claramente retaliativa.

Além de atrasar os pagamentos, a prefeitura deixou de pagar uma série de plantões, prometendo que o pagamento dos atrasados seria regularizado, mas descumprindo todas as datas acordadas até o momento.

Esgotados pelas promessas não cumpridas, os médicos decidiram paralisar atividades a partir das 13 horas de hoje. O Sindmepa já enviou ofício informando a gestão sobre a decisão (ver ofício no link a seguir: oficio Sindmepa n.197 ). Será garantido o atendimento legal de urgência e emergência.

Deixar um comentário