Afiliado a:

Nota de Repúdio

Em nome dos médicos da Secretaria Municipal de Parauapebas, o Sindmepa vem a público repudiar o comportamento da empresa Gamp. A gestão temerária da empresa em Parauapebas acarreta diversos problemas à categoria médica, pondo em risco a saúde da população, pois médicos serão trazidos de fora sem aferição de sua capacidade profissional e sem um dos pilares do sistema único de saúde que é o vínculo com a comunidade.

Desde que assumiu o Hospital Municipal Evaldo Benevides Alves, há menos de 30 dias, a empresa vem se mostrando incompetente na função de gerenciar o hospital, conseguindo piorar o que já estava muito ruim. O serviço hospitalar que já estava carente de material e médicos na gestão direta, agora conta com funcionários descontentes.

Médicos estão sendo vítimas de assédio por parte dos gestores da empresa, que oferecem valores abaixo dos recebidos pela Prefeitura e sem garantia dos direitos trabalhistas, o que configura uma ilegalidade e burla às leis trabalhistas, já que a Gamp só contrata via Pessoa Jurídica (PJ), inclusive seu próprio corpo diretor.

O Sindmepa alerta os colegas médicos de todo o estado e do País contra esta empresa, que é uma chaga para a categoria médica e que atenta contra a dignidade profissional. E se atenta contra o médico, atenta contra a saúde pública e contra a sociedade.

Deixar um comentário