Afiliado a:

PARAUAPEBAS: Médicos se reúnem em AGE

Médicos de Parauapebas reuniram-se em Assembleia Geral na última terça-feira, 22, para discutir os problemas da saúde do município. Várias denúncias foram feitas relativas ao precário atendimento nos estabelecimentos de saúde pública do Município por falta de insumos e pelas diversas demissões, gerando risco à população e a todos os profissionais que sobraram nos setores.

O advogado, Eduardo Sizo, da assessoria jurídica do Sindmepa, deu várias orientações relativas a processos éticos ou criminais diante do risco de morte de pacientes pelo caos na saúde. Também foi discutida a situação dos demitidos em período vetado pela Lei Eleitoral, bem como do processo de rescisão contratual.

O representante do Sinseppar, que é o sindicato que representa os servidores efetivos de Parauapebas, também abriu as portas do Sindicato em solidariedade aos temporários demitidos para as devidas orientações legais, já que os profissionais de saúde não médicos estão sem representação sindical em Parauapebas.

Os conselheiros do CMS de Parauapebas, que são a fiscalização popular da Gestão em saúde, também manifestaram seu descontentamento com as deliberações do Secretário de Saúde e do Prefeito, que continuam tomando decisões em detrimento do posicionamento do CMS.

Deixar um comentário