Relação com planos de saúde será tema de AGE no Sindmepa

A Comissão Estadual de Honorários Médicos (CEHM) está convidando médicos, sociedades e cooperativas de especialidades para discutir a relação com planos de saúde e a CBHPM em vigor. Um fato novo é a obrigatoriedade dos planos de manter contratualização com reajuste anual. A assembleia da CEHM será amanhã, 30 de abril, às 19 horas, no Sindmepa.

“É hora de parar de reclamar, participar e agir. Vários problemas envolvendo a relação médicos e planos de saúde precisam ser debatidos para que tomemos uma posição frente à eles”, afirma o dr. João Gouveia, diretor do Sindmepa, uma das entidades que compõem a Comissão Estadual de Honorários Médicos, ao lado da Sociedade Médico-Cirúrgica e do Conselho Regional de Medicina (CRM-Pa).

Honorários médicos, defasagem de valores, glosas injustificadas, atrasos de pagamentos de até oito meses, como é o caso do Iasep, e os valores de contratualização baseados na CBHPM em vigor, são alguns dos temas elencados pelo diretor do Sindmepa a serão discutidos na assembleia do dia 30.

Ele destaca que os valores das consultas pagos pelos planos de saúde ficam em torno de R$ 50,00 quando a CBHPM preconiza um valor médio de R$ 80,00. Exames diagnósticos e procedimentos cirúrgicos também estão defasados em relação à tabela de preços. “Usam a CBHPM de pelo menos oito anos atrás para fixar os valores de consultas e procedimentos. Isso tem que acabar”, reclama João Gouveia convocando a categoria a participar e ajudar na mobilização dos colegas para a assembleia do dia 30. “Chega de ficar só reclamando. Todos ao sindicato”.

Deixar um comentário