Afiliado a:

SC: Simersul aprova filiação à FMB

O Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense (Simersul) em assembleia realizada no dia 3 de maio, em Criciúma (SC) aprovou por unanimidade a filiação à Federação Médica Brasileira (FMB). Com a integração, a Federação passa a contar 16 Sindicatos filiados.

“Estamos vivendo um momento muito delicado para a categoria médica em que precisamos estar mais organizados e unidos. Neste contexto nosso alinhamento com a FMB é muito forte e estamos gratos pela oportunidade de fazer parte desta entidade”, declarou o presidente do Simersul, Licínio Alcantara.

O presidente da FMB, Waldir Araújo Cardoso, participou do encontro e apresentou a Federação aos médicos presentes. Destacou a importância da representação nacional da categoria, a necessidade do apoio dos Sindicatos de base e o não atrelamento político. “A FMB tem que ter autonomia e independência. Nosso compromisso inarredável é com o médico, com a Medicina e com saúde de qualidade para todos”, afirmou.

O presidente da FMB também agradeceu a confiança do Simersul em filiar-se a Federação. “Temos muito orgulho em ter um Sindicato como o Simersul participando conosco. Irá fortalecer junto com o Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina (Simesc) a representação do sul do Brasil na entidade. Para nós é importante ter um panorama da realidade médica fora dos grandes centros e certamente a presença de vocês nos ajudará neste sentido”, acrescentou Waldir.

Enem

O secretário de Comunicação da Federação Médica Brasileira (FMB), Cyro Soncini, comentou sobre o Encontro Nacional de Entidades Médicas (Enem), confirmado para os dias 29 e 30 de maio, na sede da Associação Médica de Brasília (AMBr), em Brasília.   Os eixos temáticos do Enem contemplarão: Mercado de Trabalho Médico, Assistência Médica, Formação Médica, assim como serão debatidas estratégias da inclusão do médico na política.

“O objetivo é que as ideias dos médicos estejam incluídas na carta final para que seja feita política médica com todos os candidatos do país. Este é um ano de eleição e a categoria precisa voltar a fazer barulho. Os políticos precisam receber o posicionamento da categoria”, explicou Cyro.

Também integraram a comitiva da FMB, Leopoldo Back (Conselheiro Fiscal da Federação e presidente do Simesc) e Aury Faresin (secretário de Benefício Previdência e Saúde do Trabalhador FMB e Diretor de Saúde do Trabalhador do SIMESC).

“As entidades médicas estão vivendo uma parte singular da história, com novos desafios, como a terceirização, que vem fragilizando muito o médico. As entidades precisam continuar lutando e buscando formas de compreender como ajudar o profissional”, afirmou Leopoldo.

“Precisamos seguir com o objetivo de defender o médico e jamais parar”, acrescentou Aury, dizendo-se muito satisfeito em testemunhar a filiação do Simersul à FMB.

Foto: Eduardo Schimdt

Deixar um comentário