Afiliado a:

Serviço de oftalmologia pode ser extinto em Santarém 

Médicos oftalmologistas do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) denunciaram ao Sindmepa que tiveram seus contratos cancelados unilateralmente pela Pró-Saúde, Organização Social que administra o HRBA. Se a situação não se reverter, ficará suspenso o serviço de oftalmologia no local. Contratados como pessoa jurídica pelo hospital desde 2012, os médicos não estão conseguindo alcançar a meta de cirurgias estipulada pela Pró-Saúde para justificar a manutenção do serviço.

Os contratos incluem a realização de atendimentos ambulatoriais, cirurgias oftalmológicas e visitas aos leitos dos pacientes internados no hospital. Os médicos relataram que todos os atendimentos são feitos de maneira regular, porém, não têm conseguido alcançar a meta de cirurgias por conta de uma série de fatores, entre eles: a equipe de enfermagem sem experiência na área de microcirurgia ocular; triagem feita inadequadamente; e falta de equipamentos adequados.

Contudo, mesmo apresentando tais explicações à direção do hospital, eles foram informados de que Secretaria Estadual de Saúde e o Ministério Público estavam insatisfeitos com o serviço de oftalmologia, por não atingir a meta cirúrgica estipulada, e que o serviço poderia ser encerrado no Hospital, sendo a verba direcionada a outro setor. Os médicos relataram que foram informados há cerca de 10 dias que os contratos com o hospital foram cancelados, sem qualquer preocupação com os pacientes que aguardam consultas e cirurgias, já que o HRBA é o único serviço oftalmológico disponibilizado pelo SUS na região.

O Sindmepa disponibilizará o atendimento de sua assessoria jurídica aos profissionais e recomenda que os médicos oftalmologistas encaminhem a denúncia ao Ministério Público do Trabalho, além de informar o CRM sobre o assunto, visando a garantia do atendimento aos pacientes na região.

 

1 Comentário

  1. oftalmologia santarem on

    o Estado do Para tem disponivel dois oftalmologistas concursados aguardando ha cerca de tres anos um consultorio em Santarem para trabalhar.

Deixar um comentário