Afiliado a:

Sespa ainda não concluiu estudos sobre perfil do HRT

Médicos do Hospital Regional de Tucuruí (HRT) e o Sindmepa participaram de uma reunião nesta semana com o secretário Estadual de Saúde, Vítor Matheus e a secretária adjunta, Heloísa Guimarães, para discutir problemas apontados por eles no funcionamento daquele hospital. Durante a reunião, o secretário informou que ainda não estão concluídos os estudos para definição do perfil do hospital. Ele acrescentou que a Sespa não descarta a possibilidade de terceirizar o gerenciamento do HRT.

O perfil de atendimento do hospital será tema de uma reunião específica. Quanto a forma de gestão, a Sespa não descarta a contratação de uma Organização Social, mas esbarra em dois problemas. Recursos humanos, já que os médicos são funcionários efetivos e a questão do prédio, que é cedido pela Eletronorte.

Entre as queixas levadas ao secretário, sobre a realização de compras e falta de tomógrafo no hospital, ele informou que a Sespa fará a descentralização das compras, que a partir de agora serão feitas diretamente em Tucuruí. Quanto ao tomógrafo, ainda este mês estarão concluindo o funcionamento do TC.

img-20161018-wa0040

Diante da reclamação de falta de diálogo entre o diretor e o corpo clínico do hospital, o Sindmepa solicitou a realização de reuniões do diretor com os médicos, o que será encaminhado pela Sespa. O grupo também entregou ao secretário relatório dos médicos da ortopedia, neurocirurgia e cirurgia reparadora apontando as deficiências dessas áreas.

Uma nova reunião será marcada para discutir o perfil do hospital e outra para discutir especificamente a interligação dos serviços da Unacon com o HRT. A ideia é que além de atender as cirurgias oncológicas, o regional colabore com a infraestrutura para funcionamento da Unacon. Participaram da reunião o diretor do Sindmepa, João Gouveia e os médicos: Kátia Soares, Adamílson, Marlon e Mora May, delegada sindical de Tucuruí.

Deixar um comentário