Afiliado a:

Sespa promete regularizar Gratificação de Alta Complexidade

Em audiência na segunda-feira, 18, com o secretário de estado de saúde, Vítor Mateus, o Sindmepa cobrou a regularização do pagamento da Gratificação de Alta Complexidade, devida aos médicos dos hospitais públicos do estado, que tiveram descontos em um plantão no ano passado. O secretário explicou que ficou acertado que seria pago de uma nova forma, com sete sobreavisos de 12h e um de 24 horas sem perdas no valor, para os médicos que recebiam no Hospital de Clínicas Gaspar Viana, Santa Casa, Ophir Loyola e Abelardo Santos. Participaram da audiência, pelo Sindmepa, os diretores João Gouveia, Wilson Machado e Verônica Costa.

Vítor Mateus também afirmou que os descontos efetuados serão ressarcidos de acordo com cada instituição.

Sobre os problemas do hospital Divina Providência, que está na iminência de fechar por falta de repasse de recursos da prefeitura de Marituba, o secretário disse que o estado deve assumir a contratação dos serviços do hospital até o próximo mês de março, após reunir com o gestor municipal e a direção da instituição. Caberá ao município apresentar um plano de pagamento das dívidas em atraso, assim como o próprio estado irá quitar seus débitos com o estabelecimento. No futuro, os repasses serão feitos diretamente ao hospital sem a intermediação do município.

Parcialmente paralisado, o ‘Divina’ é uma peça importante no atendimento da saúde na região metropolitana, contribuindo para desafogar hospitais da Grande Belém. Em dezembro, a diretoria do hospital denunciou ao Sindmepa um débito de cerca de R$ 5 milhões por parte da prefeitura de Marituba e pediu a intermediação do Sindicato para tentar uma saída para que a instituição não fechasse as portas. Além de denunciar a questão, o Sindmepa participou de reunião no MPF e levou o assunto ao secretário de saúde do estado.

 

Deixar um comentário