Afiliado a:

Sindmepa Informa –09.04.2017

UPAS ANANINDEUA

O clima continua tenso entre médicos das Upas de Ananindeua e a gestão municipal. Na última reunião realizada para se tentar uma solução para os problemas locais, ficou acordado a manutenção da escala com a equipe completa neste mês de abril e no próximo mês de maio. Neste período deverá ser realizada uma reunião para se tentar resolver as pendências financeiras do estado com o município, que chega a R$ 4,5 milhões. O Sindmepa propôs que o MP de Ananindeua provoque o MPE para se discutir a dívida da Sespa com os municípios, que já chega a R$ 39 milhões. Vamos pautar o assunto também junto ao Conselho Estadual de Saúde.

 

EUTANÁSIA

Foi um sucesso a terceira sessão do Cine Sindmepa, levada ao ar no último dia 30. A temática colocada em discussão foi a eutanásia com o filme Amor, de 2012. O debate que sucedeu a exibição do longa foi mediado pelo crítico de cinema e acadêmico de medicina, Edvan Brandão, e contou com a presença do diretor do Sindmepa, Wilson Machado, e dos conselheiros do CRM, Manuel Walber e Antônio Cerejo como debatedores.

 

FORA DAS ESCALAS

Médicos Nefrologistas da Diálise do Hospital Geral de Parauapebas entregaram o serviço de diálise do hospital, no último dia 31. Eles denunciam que o setor se encontra sem licença da vigilância sanitária, faltam insumos adequados para o funcionamento e eles não tem contrato com o município para continuar o serviço. Aliás, a irregularidade da diálise do HGP é fato que já foi denunciado pelo Sindmepa ao CES e Sespa.

 

ORTOPEDISTAS

A reunião convocada pelo Ministério Público com a participação do Sindmepa, Sespa, Sesma, Cosems, médicos traumato-ortopedistas, representantes de três clínicas (Maradei, Santa Terezinha e Beneficente Portuguesa), que atendem os pacientes do SUS nesta especialidade, não garantiu a continuidade da prestação deste serviço médico à população. Tudo vai depender da atualização do pagamento de contas atrasadas desde outubro que estão sendo auditadas e a criação de uma metodologia que permita uma auditagem mais célere, para que os médicos possam receber seus honorários em tempo de cumprir suas obrigações financeiras.

 

CONFERÊNCIA

O presidente da Federação Médica Brasileira (FMB), Waldir Araújo Cardoso, representou a entidade na 2ª Conferência Internacional de Sindicatos Médicos, realizada nos dias 3 e 4 de abril, em Montevidéo, no Uruguai. O evento contou com a participação de representantes do Chile, Espanha, Portugal, Alemanha e Miamar. Cardoso, que também é diretor do Sindmepa, apresentou o tema: “Trabalho médico no Brasil”.

 

REFORMA: PALESTRA

A advogada Priscila Kohler, especialista em Direito Previdenciário, ministra palestra sobre a reforma da previdência, na próxima quinta-feira (13), às 19h, no Sindmepa. Priscila é membro do Instituto Brasileiro Previdenciário (IBDP), foi conselheira da Junta de Recursos de Seguro Social do Ministério da Previdência e tem larga experiência em Consultoria Previdenciária e Aposentadoria Especial. A palestra interessa a todos os segmentos, em especial à categoria médica ameaçada em seus direitos, inclusive em relação à aposentadoria especial. Todos convidados.

 

Deixar um comentário