Afiliado a:

Sindmepa Informa – 11.06.2017

PINDURICALHOS NA SESMA

Mais um ano se passa e apesar das perdas salariais no município de Belém (20% do salário base, 110% AMAT e HPS e 43% para os médicos do ESF), a prefeitura de Belém resolveu dar mais um “aboninho” de R$ 100,00, em maio. Agora já são seis abonos nos contracheques dos funcionários efetivos e contratados da Sesma. Enquanto isso, o PCCR continua como promessa de campanha.

PEDIATRAS

O movimento dos pediatras do PSM da 14 pode não ter saído como os médicos da UR desejaram pois, infelizmente, a Sesma não quis continuar mantendo o pagamento definido para esta unidade, o que fez com que vários médicos abandonassem a escala. Mas outros objetivos foram alcançados como o pagamento dos plantões extras, que estavam pendentes desde outubro; a criação da Coordenadoria da Pediatria; a reposição de materiais, medicamentos e equipamentos de forma gradativa; e a criação de uma triagem pediátrica no posto, para adequar o atendimento ao perfil do hospital. Os plantões extras foram reajustados e serão pagos no valor de R$ 1.188 a partir de maio.

CONSELHO GESTOR

O Sindmepa é membro do Conselho Gestor da Santa Casa – ferramenta do controle social – como representante dos trabalhadores, e nessa condição participou da reunião do conselho realizada na última quarta-feira, oportunidade em que contribuiu com sugestões para a melhoria do processo administrativo da instituição. Inclusive, na última sexta, a reunião com o estafe da Santa Casa para a apresentação do planejamento estratégico foi realizada nas dependências do sindicato.

BANCO DE LEITE

Várias ligas acadêmicas estiveram reunidas no Sindmepa, na última semana, para participarem de uma palestra que visa incentivar a doação de leite humano e aumentar o número de doadoras. A nutricionista Cynara Sousa apresentou aos acadêmicos o funcionamento do Banco de Leite Humano da Santa Casa, o perfil dos bebês que recebem o alimento e a importância do incentivo à doação. Inclusive, a captação do leite materno pode ser feita na casa da doadora. Informações: 4009-0310.

CONTRA O ESCALPELAMENTO

Nesta segunda-feira, 12, o comitê de combate aos acidentes com  escalpelamento no estado se reúne no Sindmepa para avaliar a política do setor e definir ações. A tendência é de manutenção da campanha exitosa que vem sendo feita pelas entidades que compõem o comitê (inclusive o Sindmepa) resultando na queda gradativa no número de acidentes. No ano passado caímos para a marca de seis casos depois de passar um tempo na casa dos dez casos. Este ano, até a presente data nenhum caso foi registrado. No próximo dia 21, o Sindmepa pautou o tema na reunião do Conselho Estadual de Saúde, quando a comissão vai mostrar o trabalho que tem sido feito aos conselheiros.

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE

A Comissão de Financiamento do Conselho Nacional de Saúde (Cofin) aprovou parecer rejeitando as contas constantes no Relatório Anual de Gestão do Ministério da Saúde. O MS não demonstrou o cumprimento da aplicação do mínimo constitucional de verbas nas ações e serviços de saúde, além de não ter comprovado a compensação integral dos restos a pagar cancelados em 2015 como aplicação adicional em 2016. Por muito menos, Dilma foi “impichmada”.

Deixar um comentário