Afiliado a:

Sindmepa Informa – 15.01.2017

REAJUSTE ZERO

Preocupada com a crise financeira e econômica do País, o Sindmepa aprovou a manutenção, pelo segundo ano consecutivo, da contribuição sindical, anuidade/mensalidade social, nos mesmos valores praticados em 2015 e 2016.

 

PIONEIRISMO

Médicos das Upas de Ananindeua não vão aceitar a redução do número de profissionais das escalas de plantão, tanto do Icuí quanto da Cidade Nova. Esta medida, que usa como pretexto a portaria do MS que redefine as diretrizes para as UPAs 24 horas, é equivocada e unilateral. As equipes já estão trabalhando além de sua capacidade física e não suportariam a redução de seus quadros. Aliás, a prefeitura de Ananindeua é pioneira na edição de circular “obedecendo” a portaria do MS.

 

IASEP: ALERTA MÁXIMO

O Iasep está convocando prestadores de serviços de saúde aos segurados. A chamada pública inclui quinze municípios paraenses. É pública e notória a situação pré-falimentar do Iasep, que acumula uma dívida astronômica com médicos e empresas prestadoras de serviços de saúde. Portanto, fica o alerta.

 

PESQUISA

Levantamento do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) aponta que o maior receio entre jovens, na área da sáude, é o câncer, com cerca de 56% dos entrevistados. Em segunda vem o HIV com 19,58% e os problemas cardíacos, com 13,24%. Ao todo, foram consultados 11.551 estudantes de todo o Brasil, entre 21 de novembro e 2 de dezembro.

 

NOVA DATA

A segunda sessão do Cine Sindmepa já está com data marcada. O evento vai acontecer no dia 02 de fevereiro, às 18h. O filme escolhido é “Regras da Vida”, 1999, baseado no best-seller de John Irving, sob direção de Lasse Hallström. Entre as discussões da obra está o aborto, que vai ser tema de debate após a exibição do filme. A programação é gratuita. Quem quiser participar, pode confirmar presença pelo telefone: 3224-3096.

 

ROLETA RUSSA

Pesquisa do IBGE aponta redução, preocupante, no uso de preservativos, entre os jovens, nos últimos quatro anos, o que é um risco para o disparo das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e AIDS.

 

GAMP

O MPT abriu inquérito civil para apurar denúncias de “desvirtuamento de intermediação de mão de obra” contra a empresa Gamp, OS que gerencia o Hospital Geral de Parauapebas. Autora de várias irregularidades contra médicos no local, a empresa pode ser processada por suspender a realização de diálise em pacientes renais crônicos. Vale lembrar que a Gamp já tem problemas no Distrito Federal.

 

GAET/IPAMB

O Sindmepa enviou ao Ipamb pedido de informação sobre a suspensão da gratificação de deslocamento dos médicos que fazem atendimentos nas ilhas e distritos de Belém. A suspensão da Gaet é absolutamente ilegal pois se contrapõe ao decreto municipal 21.692/90, plenamente em vigor. O fato também está sendo denunciado ao MPE, TCE, TCM e ao CRM do Pa.

 

Deixar um comentário