Afiliado a:

Sindmepa Informa – 24.07.2016

DOAÇÃO DE SAÚDE

Neste mês de férias, em que aumentam o número de acidentes – em especial os de trânsito –, o Hemopa precisa de um estoque de sangue maior. Convidamos a população a realizar este gesto de amor. Atenção para os pré-requisitos para doar sangue: é necessário ter idade 16 a 69 anos, mais de 50kg, boas condições de saúde, não ter contraído hepatite após os 10 anos de idade, não tenha diabetes, não tenha Doença de Chagas e nem sofra de epilepsia.

CONTRATOS PLANOS DE SAÚDE

A AMB e o CFM editaram uma cartilha sobre os requisitos mínimos para contratualização com operadoras de planos de saúde, de acordo com a lei e as resoluções da ANS. Entre as principais orientações estão: não assine contrato que não contemple a cláusula de livre negociação entre as partes; não assine contratos que proponha fracionamento de qualquer índice, pois o índice regulamentado pela ANS, o IPCA cheio, deverá ser adotado em sua integralidade; Comunique diretamente à Associação Médica Brasileira,  cbhpm@amb.org.br,caso receba propostas de contrato que não atenda estas diretrizes. Para mais informações acesse a cartilha integral no site do CFM.

TRANSPLANTE RENAL INFANTIL

A pressão de entidades como a Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará, Sindmepa e Defensoria Pública do Estado, fez a Sespa recuar e anunciar o retorno do transplante renal infantil no estado, ainda que de forma paliativa, prevalecendo o bom senso e aliviando a ansiedade dos pais das crianças que estão na fila de espera. Pelo menos uma boa notícia na área da saúde onde diariamente se anuncia redução de serviços, de custos e aumento da corrupção.

ATENDIMENTO “DE PRIMEIRA” (PING-PONG)

Uma paciente caiu e fraturou o antebraço, procurou imediatamente o HPSM da 14 de Março e foi recusada, pois não havia traumatologista de plantão no local, sendo encaminhada para o HPSM do Guamá, como neste não tinha Raio-X foi encaminhada novamente para o HPSM da 14, onde para sua sorte, nesta via-crúcis, já havia traumatologista da tarde, foi atendida e recebeu o encaminhamento para a cirurgia em hospital privado. Ainda falta muito para o atendimento de primeira pretendido pela Sesma e Prefeitura de Belém

MAIS MÉDICOS E MENOS CARA DE PAU

O governo de Cuba está pleiteando um reajuste dos valores pago pelo governo brasileiro, atualmente no valor de R$ 10.513,00 para 20h/semana. Enquanto isso, os médicos brasileiros, que em sua maioria, ganham muito menos por esta carga horária não receberam sequer reajuste de honorários desde o ano passado, por conta da crise econômica. Está mais do que na hora de acabar com esta politicagem na saúde e voltarmos ao foco para o programa Mais Saúde com melhor remuneração do médico do país.

MÁFIA DAS ÓRTESES E PRÓTESES

Mais uma máfia de órteses e próteses foi descoberta, agora de cirurgias para Mal de Parkinson. É necessário    que os autores desta máfia recebam a devida punição, pois são marginais da medicina e não contam com o apoio das entidades médicas e nem da categoria. Além dos prejuízos ao SUS, pelo montante das próteses superfaturadas, há suspeitas de que próteses teriam sido implantadas sem indicação clínica, um crime hediondo que merece nosso repúdio.

Deixar um comentário