WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Menina de dez anos sofre escalpelamento no Marajó

0

Mais uma menina teve os cabelos brutalmente arrancados em um acidente de escalpelamento nos rios do Pará. Desta vez, a vítima foi uma criança de 10 anos, moradora de São Sebastião da Boa Vista, no arquipélago do Marajó, que sofreu escalpelamento total. Trazida para Belém, está internada no Hospital Metropolitano e será encaminhada à Santa Casa de Misericórdia onde passará por um longo e difícil tratamento.

A responsabilização de donos de embarcações que ainda navegam sem a cobertura do eixo do motor é fundamental nessa batalha contra esses graves acidentes que ainda hoje maculam nosso Estado. Apesar de tantas campanhas de prevenção promovidas pela Comissão Estadual de Escalpelamento, da qual o Sindmepa é membro, ainda continuamos sem sair do lugar.

Vamos aproveitar para ampliar o debate no período de 26 a 30 deste mês, quando acontece a IV Semana de Prevenção aos Acidentes com Escalpelamento nos rios do Pará. Haverá ações na ilha do Combú e nos portos hidroviários da Região Metropolitana de Belém.

Foto: Divulgação/CESIPT

Em julho, a Sespa, que coordena a comissão, realizou campanhas de prevenção em 13 Municípios, incluindo os que ocorreram acidentes este ano, percorrendo portos hidroviários, envolvendo a comunidade em geral, em parceria com prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde. Foram visitados Muaná, Bujarú, Limoeiro do Ajuru, Bragança, Capanema, Acará, Tomé Açú, Abaetetuba, Igarapé Miri, Moju, Barcarena, Cametá, Ponta de Pedra.

O acidente foi o sétimo registrado este ano nos rios do estado, onde os casos se mostram fora de controle. Em 2017 tivemos dois casos. Em 2018 passou para seis casos e este ano já tivemos mais casos do que no ano passado ainda faltando menos de cinco meses para o final do ano.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.