WhatsApp: (91) 8895-3102
Afiliado a:

Sindicato pede mais segurança para os médicos

0

João Gouveia, diretor do Sindicato dos Médicos do Pará, e Paulo Barros, diretor do Sindicato dos Odontologistas do Pará, se reuniram com o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Pará (Segup), Geraldo Araújo, no dia 24 de abril, na gabinete do secretário.

A reunião foi solicitada pelo Sindmepa em preocupação com as possíveis irregularidades envolvendo a atual direção do Centro de Perícias Cientificas Renato Chaves (CPCRC) e as medidas que envolvem segurança e saúde, como o aumento da violência nos postos e unidades de saúde e o atendimento da saúde no sistema carcerário do estado.

Para o Sindmepa, as áreas de saúde e segurança estão diretamente relacionadas, pois a maioria das ações de segurança pública refletem na diminuição de acidentes e casos graves, que são atendidos no Sistema Único de Saúde (SUS). |Um exemplo foi a implantação da lei seca, que no início, reduziu consideravelmente o número de acidentes e mortes no país, diminuindo os gastos do SUS com o atendimento das vítimas do trânsito|, comentou Gouveia.

O titular da Segup afirmou que rondas policiais acontecem com mais frequência nas proximidades de postos e unidades de saúde dos bairros da periferia de Belém. Fato considerado positivo para o sindicato, já que os médicos que trabalham nesses locais estão pedindo demissão por falta de condições de trabalho e segurança.

Para discutir sobre o atendimento médico aos presos das delegacias e penitenciárias do estado, Geraldo Araújo, marcará uma próxima reunião com a presença da secretária de Estado de Saúde, Laura Rossetti, para que os pontos em comum sejam debatidos com o Sindmepa.

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará