qui

maio 23, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

qui

maio 23, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Redução de plantões médicos gera crise no atendimento da UPA de Ananindeua

Desde sábado (1º) que o Sindicato dos Médicos do Pará está em alerta acerca dos problemas que envolvem a UPA da Cidade Nova. A Secretaria Municipal de Saúde de Ananindeua reduziu o efetivo de plantão de seis para três médicos, tornando impossível a atividade naquela unidade, praticamente a única emergência para atender toda Ananindeua e até municípios próximos. No domingo, os plantões foram suspensos e hoje, às 15h, no Sindmepa, haverá reunião para discutir os encaminhamentos necessários para manutenção da luta por melhores condições de trabalho, contrato formal, entre outras reivindicações.

De acordo com relatos, a situação na unidade é a pior possível. Médicos já foram demitidos, o salário vem atrasando, profissionais trabalham sem condições e não tem repouso digno; e a falta de compromisso e competência dos gestores levou a UPA a ser desqualificada para receber a verba federal que garante a sua manutenção em maior parte, isso após várias visitas do Ministério da Saúde sem que nada tenha sido feito para realizar adequações. A UPA atende três vezes mais a demanda para a qual foi projetada e a redução do número de médicos plantonistas vem assolar de forma arbitrária os médicos que optam por trabalhar no local.

“É humanamente impossível permanecer no plantão com esse número de médicos e recomendamos que nenhum colega aceite tirar plantão naquela Unidade nesse momento. Precisamos valorizar o trabalho que, com muita garra exercemos todos os dias, e não sermos tratados como lixo”, conclama o diretor do Sindmepa, Waldir Cardoso.

O Sindicato vai reforçar a luta pela manutenção do número de médicos na escala noturna, que é de seis; formalização de contrato de trabalho; pagamento até o 5º dia útil do mês subsequente; aumento do valor dos plantões imediatamente, visto que os repasses dos recursos federais aumenta todos os anos e não há nada de repasse aos médicos.

Com a convocação do Sindmepa, no domingo pela manhã a UPA ficou totalmente sem médico, forçando o secretário de saúde, Marco Antonio Luz e Silva, a assumir o plantão convocando seu cunhado e a esposa para auxiliá-lo. “Vamos nos manter firme em nossa posição de não ceder e ninguém aceitar fazer plantão na UPA de Ananindeua em condições precárias de trabalho”, afirma Waldir Cardoso.

 

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que