qua

abr 17, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

qua

abr 17, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Hoje tem paralisação dos médicos de Parauapebas

Médicos do Hospital Municipal de Parauapebas estão parados

Médicos do Hospital Municipal de Parauapebas decidiram paralisar atividades a partir de hoje em protesto contra péssimas condições de trabalho, falta de medicamentos e quebra de acordos por parte da Prefeitura. Na semana passada, eles registraram um Boletim de ocorrência policial, relatando os fatos.

Os profissionais há muito vêm denunciando péssimas condições de trabalho com a falta de medicamentos básicos necessários ao atendimento como ampicilina, tramal, morfina e outros. Falta de aparelho de tomografia, endoscopia e o funcionamento precário do laboratório municipal.

A gota d’água  foi a decisão da prefeitura de pagar indiscriminadamente plantonistas da urgência e emergência e médicos da internação, independente da carga horária trabalhada. No pagamento de novembro, referente ao período trabalhado em outubro, várias horas trabalhadas pelos médicos da urgência não foram pagas, com a justificativa de se adequar à “lei do plantão”.

Os médicos já reduziram o atendimento apenas a 30% dos casos, concentrando-se somente nos de urgência e emergência, conforme norma legal.

O Sindmepa está acompanhando e apoiando a movimentação com a presença do dr. Waldir Cardoso no local.

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que