ter

abr 16, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

ter

abr 16, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Movimento médico de Belém unifica forças e se fortalece

Precárias condições de trabalho em relação a materiais, medicamentos, instalações e equipamentos foram relatadas em assembleia geral realizada ontem no Sindmepa, reunindo médicos das unidades municipais e hospitais de urgência e emergência de Belém. A unificação do movimento reivindicatório dos profissionais que trabalham nas urgências e os que atuam na Estratégia Saúde da Família e o indicativo de greve, caso as reivindicações não sejam atendidas, foram as decisões mais importantes tiradas na AGE.

O caso mais grave é dos médicos que atuam no HPSM da 14 de março, onde as condições de trabalho afetam a saúde dos profissionais e colocam em risco a vida de pacientes. De acordo com relatos de um médico que prefere não se identificar, somente em um dia 21 pessoas morreram no local. Para o médico, fatos como esse muitas vezes não são noticiados na mídia porque a morte já se tornou comum no local. “A triagem desse HPSM é um local onde ninguém quer dar plantão. Lá não tem seringa, no consultório que atendo não tem cadeira para o paciente sentar, não possui maca, entre outros problemas”, disse.

Os profissionais médicos do HPSM do Guamá também reclamam da falta de condições para trabalhar e afirmam que pretendem paralisar os trabalhos no próximo dia 6, quando se esgota o prazo estabelecido pela Sesma para dar uma resposta sobre as reivindicações da categoria.

Dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde registram a existência de 1.165 médicos trabalhando para o município, dentre eles, 460 são médicos plantonistas, sem vínculo empregatício, gerando um custo de 3.8 milhões de reais para a Prefeitura de Belém. Entre as propostas dos médicos está a redução do número de médicos plantonistas e aumento do número de médicos temporários, o que possibilitará melhor remuneração aos profissionais, com garantia de direitos trabalhistas, hoje inexistentes.

Além de se integrar aos médicos da Estratégia Saúde da Família, que têm reivindicações específicas à prefeitura – como: condições de trabalho, segurança e isonomia salarial com médicos que atuam no Mais Médicos e o Provab – os profissionais das urgências em geral decidiram aguardar o resultado de uma audiência que o Sindmepa terá com o prefeito Zenaldo Coutinho no próximo dia 7, para analisar os rumos do movimento.

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que