seg

abr 22, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

seg

abr 22, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

ESCLARECIMENTO AOS MÉDICOS E À SOCIEDADE

A Federação Nacional dos Médicos publicou nas mídias sociais e em seu site (link: http://www.fenam.org.br/noticia/4328) matéria mentirosa e cheia de calúnias. Em síntese, afirma que os sindicatos que articulam a criação da Federação Médica Brasileira são ligados ao Partido dos Trabalhadores e seus dirigentes são “pelegos”, expressão que no jargão sindical traduz lideranças que traem os interesses de seus representados fazendo o jogo dos patrões. Repudiamos de pronto!

Vários sindicatos médicos brasileiros deliberaram em assembleia a desfiliação da FENAM por discordarem da postura da presidência (gestão 2012-2014) na condução da entidade. A presidência aferrou-se ao poder e dirigiu a entidade de forma autoritária e antidemocrática. Convocou Congresso passando por cima do Conselho Deliberativo, com atitudes fraudulentas na inscrição de delegados e deu um golpe prorrogando o próprio mandato; impediu a participação dos sindicatos em fóruns deliberativos da entidade contratando segurança privada para barrar a entrada de dirigentes no recinto das reuniões; interveio nas Regionais para manipular a escolha do futuro presidente, seu sucessor. Um ditador que elevou sua remuneração a valores muito superiores ao que os médicos recebem durante sua labuta do dia a dia. Por tudo isso decidimos construir outra alternativa para participar do movimento médico nacional de forma democrática. Na Carta de Pernambuco explicitamos, com detalhes, nossas razões e objetivos. Leia a Carta  –  CARTA DE PERNAMBUCO aprovada

​        Sem argumentos políticos, a atual direção da FENAM tenta, sem sucesso, desqualificar os sindicatos e dirigentes que articulam a Federação Médica Brasileira afirmando serem atrelados a partidos políticos. Nos dão a oportunidade de divulgar os princípios que fundamentam a nossa unidade e futura organização: Democracia participativa, Unidade na diversidade, Compromisso com o médico, a medicina e a saúde, Independência e autonomia, Compromisso com o povo brasileiro (detalhes AQUI –  PRINCÍPIOS POLÍTICOS ). Respeitamos a opção política partidária de todos dirigentes sindicais. Filiar-se a partidos é direito de cidadania. Mas temos a mais absoluta independência e autonomia de partidos, governos e todos os patrões. Nosso compromisso inarredável é com os médicos e com a saúde.

Há vários dirigentes ligados a partidos governistas em cargos na Federação Nacional dos Médicos. Não é essa a questão que nos divide. O que somos diferentes é na qualidade do trato com a organização sindical e com o movimento médico. Respeitamos e defendemos os médicos, a medicina e a saúde do povo brasileiro.

As ameaças contidas na matéria da FENAM não nos intimidam. Estamos livres da tensão e achaques que muitos de nós sofreram da referida presidência. Nossas energias estão dirigidas para a luta em defesa da categoria médica, da medicina e da saúde. Para isso estamos unidos e construindo uma entidade forte e representativa. Profundamente apoiada pelos sindicatos de base, regionalizada, combativa e democrática. Onde todos os dirigentes sindicais e sindicatos se sintam partícipes do processo de decisão. Onde não há dono, caudilhos ou ditadores baratos. Onde todos se sintam livres e a vontade para construir, para propor, para realizar as imensas tarefas necessárias para defender os interesses da corporação médica.

Aos dirigentes da FENAM desejamos que sigam seu caminho. Trilhem a estrada que escolheram. Façam seu trabalho. A ceifa é grande e os operários são poucos. Abaixem suas armas. O movimento médico tem muito trabalho a realizar e não pode perder tempo com picuinhas e disputas de poder. Os médicos não merecem assistir este deprimente espetáculo.

 

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que