qua

abr 17, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

qua

abr 17, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Relatório de subcomissão especial sugere aprovação de PEC da carreira médica

O relator da subcomissão especial que trata da carreira médica, deputado Alexandre Serfiotis (PSD-RJ), apresentou nesta terça-feira (6) o relatório final da subcomissão, que funciona no âmbito da Comissão de Seguridade Social e Família. Foram feitos pedidos de vistas conjuntas ao parecer.

O presidente da subcomissão, deputado Mandetta (DEM-MS), informou que a votação deve ser iniciada na quinta-feira (8) e finalizada até a próxima terça-feira (13). Após a apreciação pela subcomissão, o relatório tem que ser votado pela Comissão de Seguridade. As sugestões de projeto de lei aprovadas passarão a tramitar na Câmara como propostas de autoria da comissão.

O diretor do Sindmepa, Waldir Cardoso, membro da diretoria da Federação Médica Brasileira, comemorou o relatório. “Desta vez, finalmente, parece que estamos avançando na discussão de um projeto que realmente resulte em uma carreira médica no Brasil, resolvendo distorções geográficas e garantindo tanto aos profissionais médicos quanto ao usuário do SUS uma medicina de qualidade”.

Entre outros pontos, o texto apresentado pelo relator sugere a aprovação rápida da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 454/09, dos ex-deputados Eleuses Paiva e Ronaldo Caiado, que cria a carreira de médico de Estado. Já aprovada por comissão especial, a PEC aguarda votação pelo Plenário da Casa. Para o relator, a proposta pode viabilizar o exercício da medicina em condições dignas e acessíveis à totalidade da população.

O relatório sugere ainda a instituição de uma carreira especial no Sistema Único de Saúde para profissionais de saúde de atenção básica, e não apenas médicos, em áreas vulneráveis do país, de difícil acesso ou provimento, levando-se em conta que o Programa Mais Médicos encerra-se em 2018.

Residência

O relator também sugere a alteração da lei que criou o programa Mais Médicos (12.871/13), no ponto em que prevê a ampliação da residência médica a partir de 2019. A lei instituiu, como pré-requisito de acesso à residência médica, a formação de um ou dois anos, dependendo da especialidade, em medicina geral de família e comunidade. Pelo texto proposto, essa formação não será mais obrigatória para a maior parte das especialidades.

Ainda de acordo com a proposta apresentada, 30% do total de vagas de residência ofertadas serão para a especialidade medicina geral de família ou de comunidade. A previsão é que será competência da Comissão Nacional de Residência Médica normatizar, regular e implementar as vagas de residência.

Graduação

Outro projeto de lei sugerido no relatório prevê alteração na lei do Mais Médicos para determinar que a abertura de novos cursos de Medicina seja submetida à manifestação do Conselho Nacional de Saúde antes da autorização pelo Ministério da Educação. Segundo o relator, muitas vezes o Conselho Nacional de Saúde não tem sido ouvido, embora a determinação de que se manifeste já exista no Decreto 5.773/06. A ideia do projeto de lei é garantir que esse decreto seja respeitado.

O relatório também sugere a aprovação, pela Câmara, do Projeto de Lei 7841/14, do Senado Federal, que simplifica o processo de reconhecimento de diplomas de instituições estrangeiras reconhecidas pela excelência técnica. De acordo com o deputado Alexandre Serfiotis, o atual governo já simplificou o processo de revalidação de diplomas de médicos, por meio do chamado Revalida.

“Mas a aprovação do projeto é importante para que programas como o Revalida se transformem em política de Estado, e não apenas de governo, ao ser elevado ao status de lei”, afirmou.

Com informações do Site da Câmara dos Deputados

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que