ter

maio 21, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

ter

maio 21, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Nota de Repúdio

O Sindicato dos Médicos do Pará repudia declarações da vereadora Joelma Leite, da Câmara Municipal de Parauapebas, que atingem a reputação e imagem da totalidade dos médicos do Hospital Geral de Parauapebas. Ao basear-se em denúncia anônima, que afirma haver venda de procedimentos por médicos no HGP, de forma genérica, sem mencionar nomes, a vereadora coloca toda a classe médica que trabalha no estabelecimento sob suspeita. O que é, no mínimo, irresponsável.

Sabemos que a fiscalização de ações que causem prejuízo à população e ao erário público faz parte da rotina e obrigação do parlamento municipal, porém consideramos imprescindível que todas as denúncias sejam devidamente comprovadas para evitar injustiças com a categoria em geral.

O SINDMEPA deixa claro que não acolhe maus profissionais e não compactua com atitudes anti éticas e fora da lei. Nesse sentido, espera URGENTE MEDIDA DE ESCLARECIMENTO À SOCIEDADE E A COMUNIDADE MÉDICA, com a indicação clara e a apresentação de provas de quem, no exercício da função, está agindo de forma ilegal e criminosa.

Não sendo adotada pela vereadora, a medida acima indicada, espera incontinente retratação e pedido de desculpas à classe médica do município, que, conforme os prejuízos, poderá recorrer à justiça para a reparação dos danos.

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que