WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Livro mostra os efeitos da Gripe Espanhola em Belém

0

A Gripe Espanhola, que há cem anos dizimou milhares de pessoas em todo o mundo, e seus efeitos na cidade de Belém, é o tema do novo livro do médico pesquisador José Maria de Castro Abreu Junior. A elaboração do livro, que durou quatro anos, envolveu pesquisas em Belém, no arquivo público de São Paulo e na Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro, onde foram encontrados registros importantes sobre a gripe espanhola em Belém.

Para se ter a dimensão da importância desse fato histórico, Abreu Júnior relembra que a Primeira Guerra Mundial, que durou de 1914 a 1918, matou 8 milhões de pessoas. Já a Gripe Espanhola, em alguns meses, dizimou 50 milhões de pessoas em 1918. “Mesmo assim, tem continentes inteiros que a gente não tem estatísticas. Sabe-se que morreu muita gente, por exemplo, na África, na Ásia, mas não tem estatísticas”. Em Belém ele diz que a estatística oficial aponta que, em três meses, 575 pessoas foram mortas pela gripe, mas esses são dados oficiais, sendo que a contagem era muito precária, por isso imagina-se que seja um número muito maior.

(Um hospital nos Estados Unidos, em 1918, lotado de vítimas da gripe espanhola. Fonte: Wikipédia)

Abreu Junior é formado em Medicina pela Universidade Federal do Pará, com residência em Clínica Médica pelo Hospital Ofir Loyola e residência em Patologia pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (Uberaba). Mestre em Doenças tropicais e Doutor em História pela UFPA. É professor de Patologia na Faculdade de Medicina da UFPA e ex professor de Medicina Legal da Faculdade de Direito da UFPA.

O hábito de pesquisar e escrever é um velho companheiro do médico-pesquisador, como prefere ser chamado. Além de artigos acadêmicos, já lançou em parceria com o médico Aristóteles Miranda o livro Memória Histórica da Faculdade de Medicina e Cirurgia do Pará, 1919-1950, que conta uma fase da vida da faculdade de medicina. Mas o “Vírus” é o seu primeiro livro solo e tem como base a sua tese de doutorado em História. O lançamento será no próximo dia 16, às 9h30, no Instituto Histórico e Geográfico do Pará, na Cidade Velha.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.