WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Epaminondas Gustavo tem casa cheia no cineteatro do Sindmepa

0

A apresentação do juiz Claudio Rendeiro lotou o cineteatro do Sindmepa na noite desta terça-feira, 15. Trazendo o show “Para viver de rir” com o personagem Epaminondas Gustavo  para bem perto dos médicos, o juiz arrancou gargalhadas de uma plateia acostumada no seu dia a dia a cenas nem tão alegres. Mas a noite de ontem era do riso para as quase cem pessoas que ocuparam a área principal e o mezanino do cineteatro. Veja a galeria de fotos.

O médico ginecologista Luiz Arraes deu seu depoimento: “Foi uma excelente iniciativa, porque você tem que parar um pouco para rir, dar gargalhadas, relaxar. É como nosso diretor falou né, só o dia a dia a gente não dá conta. E para quem cuida do cuidador de uma certa forma tá pensando nisso. E o sindicato faz esse papel de cuidar da gente. É a primeira vez que eu participo e tou adorando”.

A médica Rosângela Monteiro concordou: “O show nos faz rir, nos relaxa e realmente todos nós, todas as pessoas precisam rir, principalmente os trabalhadores, médicos, enfermeiros, qualquer trabalhador precisa disso e isso é terapia. O show, o stand up ele é uma terapia porque libera as substâncias que são benéficas para o nosso organismo”.

Cenário representa a casa do Epaminondas

RIR É O MELHOR REMÉDIO

Ri é o melhor remédio também para quem não é médico, como atestou Cássia Moreira: “Achei o show maravilhoso e o dr. Claudio Rendeiro é um ser humano que faz com que a gente mantenha a fé na raça humana, algo que está cada vez mais difícil. Uma pessoa extremamente iluminada. Ri bastante no show”.
E quem já conhecia o personagem também elogiou: “Achei o show excelente. Eu já conhecia. Tenho muitos vídeos dele. Inclusive ele alia coisas de utilidade pública, que é divulgar o direito, a justiça com comédia. Acho isso muito, muito interessante. E é dessa forma que a gente aprende mais sobre os direitos da gente. Essa coisa do linguajar paraense é muito legal e nós, paraenses, entendemos bem e rimos bastante”, disse outra expectadora, Creuza Miranda.

“Achei maravilhosa a apresentação e para quem trabalha o dia inteiro e ter no final da noite um espetáculo desses é realmente gratificante. Ri bastante e adorei”, disse Regina Monteiro.

Mesmo quem não entende bem o sotaque de ribeirinho paraense, curtiu a fala puxada de Epaminondas Gustavo e aprovou, como o presidente da Federação Médica Brasileira, Casemiro dos Reis Junior, que participou da programação da Semana do Médico, em Belém: “Adorei. É uma cultura diferente. Algumas coisas a gente boiou mesmo, porque não conhece o termo regional, mas é um humor muito inocente, muito diferente de outros que tem muita apelação sexual, e de outras ordens. Mas esse é um humor bem diferente. Tou muito feliz e há muito tempo não ria tanto”.

INTERAÇÃO

Para o juiz Claudio Rendeiro a experiência no cineteatro foi muito boa, especialmente a interação do público com o espetáculo. “O público foi muito receptivo à minha presença. Eu nunca tinha feito show assim para esse público e fiquei surpreso do quanto eles gostaram, do quanto interagiram, e do quanto se sentiram identificados com o show. Porque o médico ele tem essa lida também, uma profissão tão pesada, tão dispersa, sem poder se desprender e rir também do nosso cotidiano, das nossas coisas, da nossa cultura. Então, isso é muito bom para ele também. Foi uma experiência muito gratificante e feliz”, resumiu o juiz após o espetáculo.

O público aproveitou para garantir exemplar do seu livro autografado

O diretor de Comunicação do Sindmepa, um dos organizadores do evento, Wilson Machado, disse que a diretoria toda estava muita feliz com a presença do público ao espetáculo: “Estou muito satisfeito. Alcançamos o objetivo que era oferecer na semana do médico um momento de humor, para que o médico pudesse relaxar, sorrir, gargalhar. E nada melhor que um show humorístico, inda mais com um artista local maravilhoso, como o Epaminondas Gustavo”, declarou o diretor, destacando que foi provavelmente a maior frequência que o cineteatro já alcançou desde sua inauguração. “A diretoria está muito feliz”.

Outro que participou da organização do evento, o diretor Waldir Cardoso disse que o show foi fantástico, não só pelo showman que o Epaminondas é, mas pela mensagem do juiz Claudio Rendeiro: “Gostei muito da pausa que ele dá para falar do trabalho que faz pela justiça, para aproximar, para simplificar o linguajar da justiça, para que as pessoas entendam seus direitos. Então, essa origem do personagem tem um objetivo muito nobre, como ele diz, que se cada um de nós fizer um pouquinho nós vamos fazer muito”. O diretor saiu feliz da programação também por ver a casa lotada. “Fazer o médico rir foi fantástico e ver esse auditório cheio também foi muito gratificante”, resumiu.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.