WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Sítio do pica-pau encerra Semana do Médico

0

Com grandes homenagens ao Círio e aos médicos, a peça teatral “Sítio do pica-pau amarelo vai ao Círio de Nazaré” encerrou a semana do médico deste ano. A obra foi adaptada pela diretora Suelen Miguele, que preparou a apresentação especialmente para o público do Sindmepa. Pais e filhos puderam aproveitar a manhã de sábado, 19, para rir e se emocionar com a apresentação do Grupo Renascer.

O grupo de teatro, da Paróquia São Francisco de Assis dos Capuchinhos, é formado por membros da paróquia e da comunidade do entorno. A diretora, Suelen, está à frente do grupo há 15 anos e conta que o carro chefe é a peça “A paixão de Cristo”, realizada durante a sexta-feira santa. Todas as obras apresentadas pelo elenco possuem cunho religioso. Suelen falou ainda sobre a preparação para a apresentação no Sindmepa. “Quando recebemos o convite eu falei: então é o Sítio. Sempre tem grandes histórias no Sítio do pica-pau amarelo. Eu vou adaptar a história ao Círio de Nazaré e também ao dia do médico, então vai ter toda essa homenagem. ”

O diretor do Sindmepa, Agostinho Hermes foi quem indicou o grupo. Além de apoiador, o médico participa do elenco em “A paixão de Cristo”, como Pilatos. “Eu faço parte do grupo e quando surgiu a oportunidade de fazer uma peça infantil aqui no sindicato eu dei a sorte de trazer eles. Pra gente fazer essa experiência de usar o nosso teatro, também, para o público infantil. ”

O evento direcionado às crianças agradou a mãe de Pietra, 7, e Pedro Arthur, 5, Clara Baía. A comunicóloga aprovou a iniciativa e disse que pretende voltar com os filhos nas futuras programações do Sindmepa. “Hoje em dia a gente não tem muito essa brincadeira, essa parte do lúdico, os brinquedos. Os desenhos são diferenciados e na época do sítio ainda tinha essa pureza e é muito legal a gente reviver isso. É um entretenimento a mais e sempre que tiver a gente vai tá trazendo eles. ”

Gabriela Borges ficou sabendo da apresentação pelas redes sociais e veio com o filho Lucas, 3, para assistir à peça com os personagens que fizeram parte de sua infância. “Eu sou da época em que aparecia todos os dias na TV. Então é muito bom poder compartilhar essa história do sítio com o meu filho hoje. ” Durante a conversa, Lucas não escondeu a alegria em ter conversado com a Emília e com o Saci.

O ato final da peça homenageou os médicos, que estiveram representados pelos diretores do Sindmepa Agostinho Hermes, Waldir Cardoso e Wilson Machado.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.