sáb

maio 18, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

sáb

maio 18, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Programa Médicos pelo Brasil sinaliza derrota para a medicina brasileira

“O programa Médicos pelo Brasil trouxe de volta os cubanos sem diploma revalidado para atender a população brasileira, criou uma Agência externa ao Ministério da Saúde para gerir a força de trabalho médico na atenção primária e propiciou que os deputados aprovassem o ‘Revalida Light’ nas faculdades privadas”. A opinião é do diretor do Sindmepa, Waldir Cardoso, sobre o programa Médicos pelo Brasil, aprovado na Câmara nesta quarta-feira.

O projeto foi proposto pelo Executivo para substituir o Mais Médicos, em vigor desde 2013, que permitia a contratação de médicos para municípios brasileiros com população mais carente e distantes dos grandes centros. Com o fim dos Mais Médicos, o governo brasileiro propôs o Médicos pelo Brasil, que recebeu diversas emendas na Câmara, que descaracterizaram o projeto inicial.

O texto aprovado é o projeto de lei de conversão de autoria do relator na comissão mista, senador Confúcio Moura (MDB-RO), que propõe a reincorporação ao programa dos médicos cubanos por dois anos. “A volta dos médicos cubanos é, sem dúvida, uma derrota para a medicina brasileira que tentaremos reverter no Senado”, afirma Waldir Cardoso. Pelo projeto aprovado, poderão pedir a reincorporação os médicos cubanos que estavam em atuação no Brasil no dia 13 de novembro de 2018 e tenham permanecido no País após o rompimento do acordo entre Cuba e a Organização Pan-Americana da Saúde, que intermediou a vinda dos profissionais cubanos ao Brasil.

Antes de votar o Médicos pelo Brasil, o Plenário da Câmara também aprovou a proposta que regulamenta o Revalida, programa de revalidação de diplomas de médicos formados no exterior. O texto aprovado é um substitutivo do deputado Ricardo Barros (PP-PR) para o Projeto de Lei 4067/15, do Senado.

Segundo o texto, poderão participar do programa, que terá duas edições a cada ano, faculdades privadas com cursos de Medicina que tenham nota de avaliação 4 ou 5 no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). O programa será acompanhado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

“A revalidação de diplomas pelas faculdades privadas vai tornar a revalidação um lucrativo balcão de negócios para empresários inescrupulosos. Um imenso risco para a saúde da população”, criticou Waldir Cardoso.

O projeto segue para nova análise no Senado.

Com informações da Agência Brasil

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que