dom

maio 19, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

dom

maio 19, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Solidariedade em tempos de Pandemia!

No Pará, profissionais se unem para garantir equipamentos de segurança para os que estão na linha de frente do combate à Covid-19

Um grupo multidisciplinar formado por médicos, enfermeiros, advogados, e vários voluntários de diversas outras profissões, está dando exemplo de como a solidariedade e a união podem trazer alento para quem está na linha de frente do combate à Covid-19. Organizados em várias equipes e com uma coordenação geral, eles se uniram para conseguir Equipamentos de Proteção individual para os profissionais que trabalham nos hospitais e unidades de saúde atendendo os casos de Covid 19.

Arrecadando doações em dinheiro ou materiais e insumos, o grupo, que se denomina Solidários da Saúde, já produziu e entregou mais de 3.200 itens, entre máscaras, toucas, aventais, óculos de proteção, capotes, macacões, além de álcool a 70º, caixas de luvas e uma caixa de entubação.

“A solidariedade se põe como a maior característica da nossa humanidade”.

Os materiais são distribuídos nos hospitais públicos e Unidades Básicas de Saúde para profissionais que estão atendendo aos pacientes suspeitos e positivos para o coronavírus. Já foram entregues materiais em Belém, Ananindeua, Santa Maria e Bragança, na região do Salgado. Em Belém, a prefeitura já admitiu que não há EPIs suficientes para a proteção dos profissionais que atuam diretamente no combate à pandemia, o que preocupa especialmente médicos que atuam nos hospitais de referência e unidades de saúde que atendem pessoas contaminadas pelo vírus.

“Devido à alta demanda na vigência da pandemia do COVID 19, há insuficiência de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e precisamos ser solidários e criativos para garantir que aqueles que nos cuidam estejam protegidos. Ao menos 12% dos 28,5 mil infectados por coronavírus na Espanha são profissionais de saúde”, afirma a médica Marília Xavier, que integra a coordenação geral do grupo, e é diretora do Sindicato dos Médicos do Pará.

Assim como a maioria dos voluntários do grupo, dra Marília se reveza entre o trabalho solidário e as próprias demandas da função docente que exerce na UEPA. “Somos um grupo de profissionais e voluntários, integrado também por especialistas (infectologistas, epidemiologistas, etc.) para garantir a qualidade dos produtos nesse cenário que estamos vivenciando e onde a solidariedade se põe como a maior característica da nossa humanidade”, ressalta a médica.

A organização do grupo se assemelha à gestão de uma empresa composta pela coordenação geral, prototipagem, escalonamento/logística e distribuição. Um dos mais importantes setores é o da prototipagem, que envolve biotecnologia e a criação dos protótipos a serem produzidos pelas equipes de costureiras e artesãos voluntários. Nesse grupo com oito equipes de produção já foi feita adaptação da caixa de proteção para entubação; criados modelos de máscara de alta proteção com material de fácil adaptação, que pode ser usado também nos Postos de Saúde e na Atenção Primária; e já estão trabalhando em um projeto para esterilização rápida de máscaras N95.

Além desses, outro grupo formado por psicólogos e psiquiatras, chamado de Grupo Acalento, ajuda na saúde mental dos profissionais de saúde que estão na “guerra” à Covid 19. “Fizemos um cadastro com nome e telefone dos profissionais e mandamos mensagens motivadoras. Também tem um canal de escuta com psicólogos que funciona por plantões e psiquiatras com teleconsulta nos casos que realmente sejam necessários”, explica Marília Xavier.

Infectologista e professora da Universidade do Estado do Pará e da Universidade Federal do Pará, começou a mobilizar colegas e alunos das duas Universidades, advogados, pessoal da área da Engenharia, entre outros profissionais que se multiplicaram e formaram subgrupos. Ela ressalta que depois da pandemia de coronavírus, o ser humano deverá passar por mudanças no seu modo de ser: “O mundo terá que enxergar as coisas de outras formas. São questões de valores no que se investe. Qual o valor da vida humana nesse contexto? Nós vamos ter que aprender a nos reconstruir como se estivéssemos saindo de uma guerra. E isso é pior que uma guerra de bombas. E nem qualquer dinheiro vai nos salvar agora. Só a população se envolvendo e lutando. Ficando em casa, usando as máscaras de tecido. Todo mundo mudar de cultura e usar máscara; os profissionais de saúde usarem máscara; e nossa sociedade vai ter que se reconstruir, vai ter que mudar”.

As doações podem ser feitas com material e em dinheiro para as Contas:

Banco do Brasil (destino conta poupança) – Ag. 2946-7 Conta Poupança 51609-0

Nubank – Ag. 0001 Conta 20289649-9 ou o link de qualquer banco:  https://nubank.com.br/pagar/c2vld/uJpsJkDvkP

Thomaz Xavier Carneiro CPF 806649892-68

Se o doador preferir, pode pagar em boleto. Ao final será enviado aos doadores as notas de compras e serviços.

Saiba mais em: http://solidariosdasaudepara.org/

Ficha Técnica do Solidários da Saúde:

Solidários Coordenação Geral
Marília Brasil Xavier – médica, docente UFPA e UEPA
Mariane Franco – médica pedriatra, docente UEPA
Irna Carneiro – médica infectologista, docente UEPA e UFPA
Edmundo Almeida – médico oftalmologista, docente UEPA e UFPA
Helena Brígido – médica infectologista, docente UFPA e CESUPA
Mary Cohen – Advogada
Wanderlei Ladislau – Advogado
Cléa Bichara – Médica, docente UEPA
Thomaz Xavier Carneiro – Biólogo, Doutorando NMT/UFPA

Solidários Logística
Hilma Souza- Enfermeira, docente e doutoranda da UFPA Francisca Elissandra Ribeiro dos Santos, Residente em Enfermagem, UFPA
Marléa Guimarães Palheta, Residente em Enfermagem, UFPA
Igor Fróes – Enfermeiro, Mestrando NMT/UFPA, Residente CESUPA
Thayse Moraes e Moraes – Enfermeira, docente da uepa
Josyane Teixeira-secretária

Solidários Prototipagem/biotecnologia
Givago Souza – Docente UFPA
Petrônio Vieira Junior – Docente UFPA
Alexandre Rosa – Médico oftalmologista, docente UFPA
Jorge Lopes Rodrigues Júnior – Terapeuta Ocupacional, docente UEPA
Vitor Hugo Auzier Lima – Fisioterapeuta, doutorando UFPA
Carlos Barretto – Médico Intensivista
Paulo Rafael Brabo de Oliveira, Eng. da Computação
Carlos Victor Carvalho Gomes-Estudante de Medicina
Helder Fares – Graduando Terapia Ocupacional UEPA

Solidário Makers/Impressão 3D
Elivaldo Carvalho Rocha, Faculdade de Meteorologia, UFPA
Márcia Ramos de Quadros – Engenheira Florestal
Ronaldo Correia – Fisioterapeuta e Professor Universitário

Solidários Acalanto
Myrna Laís Dantas Grecia Coutinho – Psicóloga
Elisângela Claudia de Medeiros Moreira – psicóloga
Luciane Farias Sena – Médica Psiquiatra
Débora Gonçalves da Silva Sarmanho- Fisioterapeuta.
Rosangela Nazaré Dias Anaisse – Psicóloga
Lorena Mayara Santana Tenório – Psicóloga
Luiza Xavier Pinheiro- estudante de psicologia, PUCSP
Bruno Pinheiro – Analista de Sistemas, Doutorando NMT/UFPA, Coordenação de Hanseíase SESPA

Solidários Comunicação
Luana Lopes, Publicitária
Alexandre Mota, Analista de sistemas
Luiz Marques
Mary Nunes

Voluntários Artesãos
Moara Brasil, artista visual
Jorge Alex, dentista
Dircirene Marinho
Barbara Muller
Enicea
Olinda
Jaqueline Coelho

Voluntários Confecção de máscaras descartáveis com filtro de papel
Alana Celeste Campos Dias, Residente em Enfermagem em Clínica Integrada, UFPA
Jonathan Douglas Sampaio, Residente em Enfermagem, UFPA
Socorro Brasil
Zuleide Brasil
Patricia
Lorena Cirino
Heloisa Aguiar
Tina Mesquita

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que