WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

A hora e a vez do Choro nas Quartas Musicais!

0

Chegou a vez do choro nas Quartas Musicais, do Sindmepa, com a apresentação dos instrumentistas Diego Santos e Tiago Amaral. O show será nesta quarta, 08, por meio de live nas redes sociais com transmissão no perfil do compositor, @diego_7_santos, no Instagram, às 19h30.

O choro é um gênero de música instrumental brasileira. Para o show, os músicos prepararam um repertório com canções que marcaram a sua trajetória, sendo obras regionais e nacionais, além de composições autorais.

“A maioria das músicas são parcerias minhas e do Diego e algumas que têm a participação de outros amigos na composição. Também terá músicas de compositores paraenses, como Nêgo Nelson e Sebastião Tapajós, compositores do choro nacional e da música nordestina, como Sivuca e Hermeto Pascoal. Esse é o repertório que a gente sempre toca quando se reúne”, conta Tiago Amaral.

Tiago é clarinetista e Diego violonista, ambos são compositores e tocam juntos há mais de 10 anos. Os músicos integram o projeto “O mercado do choro”, e estarão juntos para a apresentação no projeto Quartas Musicais.

Imagem: Sergio Malcher

O violinista Diego Santos se apresentou no palco do Cineteatro em março, com a cantora e compositora Lorena Monteiro, no show de fados. O retorno do músico ao projeto será por meio de live, devido às recomendações de segurança no combate à covid-19.

“Um momento em que o distanciamento e a pandemia trazem tanta angústia às pessoas, levar a arte é um modo de acalentar os corações. O Sindmepa, ao se adaptar a isso, mostra um compromisso com a arte e um cuidado com o próximo”. Afirma Diego.

Mantendo o seu compromisso com a promoção e divulgação de materiais culturais durante a quarentena, o Sindmepa continua promovendo as Quartas Musicais, agora por meio de live nas redes sociais, com a curadoria do professor e músico, José Maria Bezerra. E divulgando filmes sugeridos pelo crítico de cinema e curador do Cineteatro, Marco Antônio Moreira.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará