seg

jun 17, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

seg

jun 17, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Honorários e procedimentos médicos são temas em discussão da FPMed

Integrantes de entidades médicas e representantes da Agência Nacional da Saúde (ANS), participaram do 5° encontro virtual da Frente Parlamentar da Medicina (FPMed). O presidente da Federação Médica Brasileira (FMB), Casemiro dos Reis Junior, representou a Entidade.

Na pauta, o papel da ANS frente aos procedimentos e honorários médicos. Para o presidente da FPmed, deputado Hiran Gonçalves, o debate é muito importante. “Podemos aperfeiçoar a relação, tanto com os usuários, como com as grandes corporações de saúde suplementar que controlam os planos de saúde”, declarou.

“Corrigir as distorções na relação entre os prestadores de serviço e operadoras de planos de Saúde: essa é a solução defendida pela FMB e por todos os presentes. Essa questão passa pela discussão e implementação de um novo marco regulatório sobre o tema”, afirmou Casemiro.

O diretor da Agência Nacional de Saúde (ANS), Rogério Scarabel Barbosa, falou que existem dificuldades para a atualização do rol de procedimentos e os reajustes dos honorários dos profissionais de saúde. A manutenção da capacidade de pagamento pelos usuários dos planos e a escassez de recursos de financiamento para as operadoras, ocasionados pelo sistema econômico que se encontra em retração, são situações que precisam ser consideradas.

Sobre a postura da ANS durante a reunião, o diretor do Sindicato dos Médicos do Pará, Waldir Cardoso, afirmou: “A ANS se apressa em defender as operadoras, justificando que não reajustam os honorários médicos por conta da pandemia. Na verdade, elas economizaram como nunca. Consultas e procedimentos foram suspensos. Milhares de consultas não foram realizadas e enorme quantidade de exames não foram solicitados. Mantendo os honorários sem reajuste faturam muito mais”.

Com informações do Portal FMB

Veja mais

Mais populares: