WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Ricardo Smith movimenta as Quartas Musicais

0

Na próxima quarta-feira, 23, teremos show com o violonista, Ricardo Smith nas Quartas Musicais do Sindmepa. O músico apresentará um repertório autoral com produção instrumental e algumas canções. Ricardo Smith também é docente e participa dos projetos “Jazz tropical” (trio), “Violão Só” (solo) e “Dois violões da Amazônia” (duo), esse em parceria com José Maria Bezerra, curador das Quartas Musicais. A transmissão do show será feita pelo Instagram de Bezerra, @jmbezerra às 19h30.

Natural de Belém, Smith é violonista e compositor. Iniciou sua trajetória musical integrando bandas de rock a grupos folclóricos. Estudou violão clássico no conservatório Carlos Gomes e graduou-se em música pela UFPA. Ao mudar-se para o Sul do Brasil, a fim de continuar sua formação, seu interesse em ritmos tradicionais do Norte, aliados aos estudos de improvisação jazzística, resultaram no material de seu primeiro CD, “Jazz Tropical”.

“Efetivamente, comecei a tocar aos 16, mas sempre tivemos interesse por música em casa. Meu pai toca violão e sempre me mostrava umas fitas no som do carro. Minha mãe até hoje amanhece os dias ouvindo Maria Betânia ou coisa do tipo no som da sala”, relembra o músico.

Ricardo Smith já se apresentou nas Quartas Musicais com o duo “Dois Violões da Amazônia”. Para esta apresentação, trará obras que marcaram a sua história. “Esse show solo tem composições que representam várias fases da minha carreira como artista e pesquisador. Espero que possa tocar de alguma maneira a percepção daqueles que assistirão”, comenta o violonista.

O Sindmepa divulga semanalmente dicas de filmes e lives sugeridas pelos curadores Marco Antonio Moreira e José Maria Bezerra, disponíveis no site e nas redes sociais do sindicato. Faça parte da lista de transmissão e receba diariamente as dicas culturais. Envie uma mensagem para: 98895-9355.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará