WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 06.09.2020

0

DISPARIDADE
Valores de aposentadorias de servidores públicos do Pará divulgados esta semana pelo jornalista Lúcio Flávio Pinto mostram a enorme disparidade entre salários de diferentes categorias no serviço público estadual. Um coronel da PM, por exemplo, se aposenta com salário de 35.463,33; um delegado de polícia, com salário de 27.204,09; contra 7.166,95 do professor e 5.184,92 do médico. Uma diferença que, basicamente, evidencia a pouca importância que se dá à saúde e educação neste País.

TUCURUÍ
Servidores ligados ao Sindicato dos Servidores da Saúde de Tucuruí protestaram esta semana contra a gestão da OS Instituto Diretrizes, para quem o governo do Estado terceirizou a administração do Hospital Regional de Tucuruí. Médicos já sofrem há meses os revezes dessa administração que, inclusive, já quarteirizou a contratação dos serviços. No final das contas, é a população quem acaba sofrendo com a falta de zelo pela administração da coisa pública.

NOVA AMB
A chapa Nova AMB foi eleita por 60,43% dos votos para dirigir a Associação Médica Brasileira, que conta com 25 Federadas. O novo presidente é o médico César Eduardo Fernandes, e como diretora representante da região Norte, foi eleita a médica pediatra Mariane Franco. O Sindmepa deseja sucesso à nova gestão e que a união da categoria prevaleça.

SEM MÉDICOS I
Denúncia recebida pelo site do Sindmepa dá conta de que os médicos que eram contratados pela Amaz Saúde para atender o Hospital Regional de Castanhal foram desligados sumariamente, sem qualquer aviso prévio, e sem receber seus proventos de julho. Com o desligamento, o Hospital ficou sem atendimento de clínica médica e na UTI, passando a ser coberto por médicos cubanos e brasileiros sem revalida, ou seja, sem registro junto ao CRM. Há denúncias de que, além de Castanhal, os médicos cubanos voltaram a atender no hospital de campanha do Hangar, em Belém, e em Marabá.

SEM MÉDICOS II
A situação de falta de médico se repete em Belém, mas desta vez a denúncia é de que alguns Caps da capital estão sendo atendidos por médicos generalistas, e não por psiquiatras, a despeito de serem Caps II ou III, o que, legalmente, não pode ocorrer. Em tese, apenas os Caps I têm a prerrogativa de atendimento com generalista, sem a presença do psiquiatra. Contratando médicos generalistas, a Prefeitura paga valores muito abaixo do que pagaria a um psiquiatra, que tem a expertise desse tipo de atendimento. Nada contra os colegas generalistas, mas a césar o que é de césar.

AMAZÔNIA
Ao som de músicas regionais amazônicas, a próxima live musical do Sindmepa será transmitida diretamente de Manaus, com o show do músico Robert Ruan, violonista e compositor. Robert apresentará obras do seu primeiro álbum “Quintal”, clássicos da música brasileira e canções inéditas do seu segundo CD. O show será na quarta, 09, às 19h30, no perfil do músico no Instagram, @robertruan_.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará