WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 13.09.2020

0

FIOCRUZ e SINDMEPA
A Fiocruz está desenvolvendo pesquisa inédita para descobrir os impactos da pandemia nos profissionais de saúde que estão trabalhando no combate à Covid-19. Serão entrevistados profissionais de todos os 27 estados brasileiros e, no Pará, o Sindmepa vai contribuir com a pesquisa, recomendando que seus associados respondam ao questionário da Fiocruz. A coordenadora do trabalho, pesquisadora Maria Helena Machado, solicitou apoio do Sindmepa e, prontamente, atendemos ao pedido. É extremamente importante o resultado da pesquisa, pois poderá nos dar pistas sobre as causas da alta mortalidade de médicos pela Covid-19 no Pará.

CUBANOS
Médicos cubanos que estão sem trabalho no Pará procuraram o Sindmepa para solicitar ajuda no sentido de que seja implantado no Estado o processo de Revalidação do diploma de médico. Trabalhando na informalidade desde o início da pandemia no Brasil, tiveram seus contratos com OS suspensos por força de ação movida pelo CFM. Hoje, estão sem trabalho 255 médicos cubanos no Estado. O Sindmepa apoia a ideia de realização do processo de Revalida por uma universidade pública do Pará.

PROCESSO
Com base em pedidos de providências do Sindmepa, o Ministério Público do Pará decidiu instaurar Procedimento Administrativo para apurar as responsabilidades da Prefeitura Municipal de Ananindeua pelo não fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os seus profissionais de saúde, além de ausência de espaço de isolamento individual e máscaras para casos sintomáticos. Na ocasião, o Sindmepa denunciou não só a Prefeitura de Ananindeua, mas dezenas de municípios paraenses flagrados sem EPIs, inclusive Belém.

REFORMA
Considerados funcionários públicos de baixa categoria, professores e profissionais de saúde deverão ser os mais prejudicados pela reforma administrativa, se aprovada nos moldes em que foi encaminhada pelo Executivo federal ao Congresso. As duas categorias enfrentarão estabilidade limitada, cortes de salários e de jornadas. Devido à última negociação salarial feita pelo governo, o grupo teve 10,8% de aumento, dividido em duas parcelas, enquanto a elite recebeu reajuste de 29%. Esse é o nosso Brasil.

RETORNO
A Santa Casa está convocando médicos do grupo de risco para retornarem ao trabalho presencial. Inicialmente, devem se submeter ao exame do corona vírus e, se já tiverem contraído a doença e apresentarem imunidade, serão lotados nos seus antigos postos. Caso ainda não tenham contraído o vírus, poderão continuar trabalhando à distância ou em locais de menor riscos de contágio. O Sindmepa orienta os que desejarem, a se submeter ao exame. Caso sejam comprovados riscos no retorno, não se descarta a possibilidade de ingresso com ação pedindo que o afastamento seja mantido.

LIVE
Com jazz, clássicos da bossa nova e músicas autorais, a próxima atração das Quartas Musicais do Sindmepa será o duo Yossef Neto e Rafael Guerreiro. A junção do saxofone, de Yossef e a guitarra, de Rafael, resulta no melhor da música instrumental paraense, com uma pegada latino amazônica. A live de quarta, 16, será transmitida às 19h30, no perfil de Rafael Guerreiro no Instagram, rfael_guerreiro.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará