WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 10.01.2021

0

PERDA
A partida do advogado Eduardo Suzuki Sizo, assessor jurídico Sindmepa, na manhã de segunda-feira, 4, deixou a todos sem chão. Eduardo Sizo faleceu devido a complicações da covid-19. Especialista em direito médico, defendeu a causa dos profissionais de saúde por mais de 20 anos. Lutava bravamente para defender os médicos e se destacou pela sua atuação. Para os membros da diretoria colegiada do Sindmepa, Sizo foi muito mais que um assessor jurídico e sempre será lembrado como um excelente profissional, querido por toda a categoria.

SEM SEGURANÇA
Médicos do Hospital Regional de Tucuruí denunciaram ao Sindmepa a falta de equipamentos de proteção contra a Covid-19. Os profissionais relatam a falta de roupas cirúrgicas e afirmam estar usando seus próprios jalecos para atender pacientes com covid-19. Ainda segundo os médicos da unidade, devido à falta de equipamentos, há dias os profissionais estão trabalhando somente com avental. O Sindmepa repudia a falta de compromisso com os médicos e a irresponsabilidade dos gestores do hospital ao expor seus funcionários ao risco de contrair covid, não fornecendo os equipamentos de segurança necessários.

DENÚNCIA
O Sindmepa recebeu denúncia de que a Qualimed, empresa terceirizada responsável pelo pagamento dos plantões dos médicos que atuam no combate ao novo coronavírus na UPA da Terra Firme, pagou os plantões relativos ao período de 16 de outubro a 15 de novembro, com valores anteriores à pandemia, desrespeitando o acordo do Termo de Ajustamento de Gestão, firmado entre o Tribunal de Contas dos Municípios, Ministério Público de Contas dos Municípios do Pará, município de Belém e Sesma, com a interveniência do MPE e do Sindmepa. Por este acordo os médicos recebem valores diferenciados e inclusive podem receber acima do teto constitucional. O Sindmepa estuda a formalização de denúncia junto ao MP.

IRREGULARIDADES
O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Pará (Sindsaúde) protocolou junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM-Pará) pedido de fiscalização das condições do Hospital Regional de Tucuruí, apontando algumas supostas irregularidades, entre as quais: quadro de recursos humanos da categoria médica em desacordo com as exigências do Conselho Federal de Medicina; falta de licenças/alvará de funcionamento e habilitações necessárias à execução do projeto; além de profissionais médicos que estariam sendo escalados como responsáveis por diversos setores ao mesmo tempo.

NOVA GESTÃO
O novo titular da Secretaria de Saúde do Município de Belém (Sesma) assume a pasta com diversas demandas represadas da cidade e dos servidores da área. Há problemas de superlotação em atendimentos em geral, de atendimento às vítimas da Covid e, de quebra, salários defasados. Sabemos que não há receita mágica para resolver os problemas de uma vez, mas confiamos que o novo secretário irá buscar soluções para o bem da cidade e dos trabalhadores da saúde.

LEITOS
De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), na terça-feira, 5, a taxa de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 na região metropolitana de Belém alcançou os 96%. Segundo a Sespa, 48 dos 50 leitos da região estavam ocupados. Vale ressaltar que o Pará já ultrapassou 297 mil casos e mais de 7.200 mortes por covid-19. O alerta é para que a população mantenha as medidas de prevenção ao vírus e obedeça às recomendações médicas. Neste momento, cuidar da sua saúde é cuidar da saúde de todos ao seu redor.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará