WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 30.05.2021

0

ATRASOS
A Sesma continua em atraso com o pagamento dos honorários dos médicos que prestam serviços para o município. Também está atrasada com as empresas que prestam serviços de trabalho médico para Belém, desde fevereiro. Infelizmente é a triste realidade de uma gestão que começa “fazendo água”, com o que de mais precioso existe em um trabalhador, que é receber o que lhe é devido depois do trabalho realizado. Muito mais ainda em tempos de pandemia, em que o risco de morte dos médicos é uma realidade. Enorme falta de sensibilidade da atual gestão.

NÚCLEO ACADÊMICO
Foram prorrogadas as inscrições para a nova diretoria do Núcleo Acadêmico do Sindmepa. Se você é estudante de medicina, faz parte do projeto Acadêmico Aspirante e quer integrar a nova diretoria, inscreva-se até o dia 07 de junho. As Cartas de Candidatura devem ser enviadas para o e-mail recepcao@sindmepa.org.br com cópia para o e-mail do Núcleo Acadêmico, nasindmepa@gmail.com. Para mais informações, acesse: http://bit.ly/AcademicoSINDMEPA

QUARTA MUSICAL
De volta à programação semanal, a próxima Quarta Musical será com a cantora e compositora Thalia Sarmanho e o violonista Diego Santos. O show dar início a agenda de junho, que será dedicado às festas juninas, embalado pelos rirmos do xote, baião e forró, homenageando compositores consagrados como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Fagner e Alceu Valença. A live do show começa às 19h, no perfil do @Sindmepa, e segue no perfil da cantora, @thaliasarmanho. Não perca!

FRUSTRAÇÃO
Servidores públicos municipais de diversos segmentos saíram, no mínimo, desapontados das reuniões setoriais promovidas pela prefeitura municipal, via Semad, para discutir os problemas dos servidores do município de Belém. Não há certeza de reajuste salarial ainda este ano, o que depende de consulta ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O argumento seria a lei federal que congelou salários de servidores públicos até o ano que vem e a falta de previsão orçamentária. Mas a atual gestão já sabia desses impedimentos mesmo antes da posse. O curioso é que a Prefeitura de Ananindeua e o Governo do Estado conseguiram reajustar seus servidores. Porque só Belém não pode?

MEDICILÂNDIA
Médica que atua no município paraense de Medicilândia denuncia o exercício ilegal da medicina por profissionais sem CRM. Seria uma estratégia da Secretaria de Saúde do município para reduzir custos, contratando para atender pacientes de covid-19 mão de obra mais barata. A substituição já rendeu aumento de 25% no total de óbitos, em 30 dias. Não existe portaria nem lei que autorize essas contratações. Tem que denunciar à Polícia Federal o exercício ilegal da medicina.

LEIS
Quem ainda não sabe, é bom ficar alerta para as novas leis aprovadas que garantem o direito de trabalhadores expostos ao novo coronavírus e que estavam desprotegidos juridicamente. Agora, a covid 19 é considerada acidente de trabalho e mulheres grávidas têm direito de trabalhar de casa durante a pandemia. Procure seus direitos.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará