WhatsApp: (91) 8895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386
Afiliado a:

Médicos do Hospital Regional de Castanhal ainda aguardam pagamento de plantões de 2020

0

Uma comissão de médicos de Castanhal denunciou ao Sindmepa a ausência de pagamentos de plantões realizados em setembro e outubro de 2020 no Hospital Regional do município. Os gestores dizem que a Organização Social responsável (Inai) não repassou as verbas necessárias para honrar a despesa. Os médicos tentaram negociar diretamente com a OS, também sem sucesso. A dívida já passa de R$ 200 mil. “Eles já disseram que se a gente quiser pode procurar a justiça”, relata um dos médicos.

Após receber os médicos no sindicato, foi enviado um ofício à Secretaria de Saúde do Estado para que dê uma solução ao problema, já que os profissionais efetivamente prestaram serviços ao Hospital e, como tal, precisam receber. “Considerando o longo tempo transcorrido e a ausência de resolução do problema, solicitamos a essa secretaria que informe as providências e os prazos que serão adotados para resolver a obrigação”, ressalta o documento.

É importante destacar que os profissionais prestaram serviço na unidade em meio a pandemia de covid-19, se ariscaram por amor a profissão e o dever em zelar pela saúde da população.

“Nunca imaginamos que alguns se aproveitariam do nosso sacrifício para deixar de cumprir as suas obrigações financeiras. Infelizmente isso aconteceu: trabalhamos dia e noite longe de nossas famílias, arriscando as nossas vidas, para atender pacientes com Covid-19 no Hospital Regional de Castanhal e estamos sem receber nossos honorários de setembro e outubro de 2020. Quase um ano se passou e ainda seguimos sem resposta das autoridades responsáveis”, relata Luiz Carlos Costa.

Inconformados pela demora para receber os devidos honorários, os médicos se reuniram e agora seguem com o apoio do sindicato para sanar o problema. O Sindmepa segue incansável na luta pela defesa da categoria médica e ao atendimento de qualidade à população.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará