WhatsApp: (91) 8895-3102
Afiliado a:

Sindmepa Informa – 28.11.2021

0

ABELARDO

Médicos do Abelardo Santos denunciam calotes recebidos das OSs que administram o hospital. O Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), que administrava o hospital até 06 de outubro, não pagou os salários de setembro e afirma não ter dinheiro para honrar seus compromissos financeiros. Enquanto isso, a Mais Saúde, que assumiu a gestão do hospital em 07.10, ainda não pagou os plantões de outubro e acaba de anunciar que fará uma redução de 30% nos valores que deveriam ser pagos pelos plantões prestados. Causa espanto esta empresa ainda ser contratada para administrar outros hospitais do estado. Com a palavra, o Ministério Público.

PISO

Merece louvor o projeto de lei aprovado pelo Senado que visa instituir o piso salarial aos profissionais de enfermagem. Com o projeto aprovado na última quarta-feira, o valor mínimo inicial do salário para enfermeiros, caso o texto seja sancionado, será de R$ 4.750. O Projeto de Lei inclui também parteiras, técnicos e auxiliares de enfermagem. A proposta será ainda apreciada pela Câmara dos Deputados.

CINETEATRO

Fechando a programação de novembro, na próxima terça-feira, 30, o Cineteatro Sindmepa exibe o filme “A Embriaguez do Sucesso”, com direção de Alexander Mackendrick. O longa retrata a história de Sidney Falco (Tony Curtis), um inescrupuloso assessor de imprensa disposto a tudo para alavancar sua carreira e alcançar seus objetivos. Na quarta-feira, 1°, o show é com o cantor, compositor e instrumentista, Júnior Queiroz e o pianista, Sérgio Sena Jr. É sempre às 19h, no Cineteatro do Sindmepa, com entrada franca.

SURTO

Um novo surto de covid-19 preocupa segmentos de saúde de Santarém. A baixa cobertura vacinal na região do Baixo Amazonas compromete os esforços de controle da doença na região. Dados divulgados pelo Secretaria Municipal de Saúde de Santarém apontam que apenas 49,36% da população foi vacinada com a segunda dose. Temos que elevar os índices de vacinação não só na região, mas em todo o estado, onde a cobertura vacinal é uma das mais baixas do Brasil.

DEMOGRAFIA

O Pará é o estado com a menor proporção de médicos por mil habitantes do país. O levantamento foi feito em colaboração entre o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Universidade de São Paulo (USP). O problema da ausência de médicos em determinadas regiões do estado deve-se à falta de estrutura para a instalação de profissionais nesses lugares distantes. Além da falta de infraestrutura, não há um plano de carreira para atrair médicos para áreas inóspitas do País.

IMORAL

É a palavra perfeita para definir o que a Câmara Municipal de Belém decidiu esta semana aprovando projeto que aumenta o número de cadeiras que compõem o parlamento municipal. Pode ser constitucional e legal, mas é imoral aumentar despesa do Legislativo quando a cidade carece de tantos benefícios, como mais saúde, educação, saneamento básico, entre outros. só nos resta esperar que o prefeito Edmilson Rodrigues vete o projeto.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará