WhatsApp: (91) 8895-3102
Afiliado a:

Começa adesão dos acadêmicos ao plano de saúde do Sindmepa

0

A partir de hoje, 03, acadêmicos associados ao projeto Acadêmico Aspirante do Sindmepa já podem ingressar no plano de saúde Unimed pelo sistema Gestão na Mão. A parceria prevê até 55% de desconto e a dispensa de carência, caso ingressem neste mês de março. É importante observar que quem aderir até o dia 10.03 já poderá ter o plano disponível a partir de 1 de abril, mas quem entrar a partir do dia 11.3, só terá o plano disponível a partir de maio. São regras do plano Unimed.

Para aderir ao plano, o Acadêmico Aspirante deve entrar em seu Espaço Médico e acessar a área de serviços na aba Plano de Saúde, preencher os dados pessoais, anexar os documentos exigidos e aguardar a aprovação por parte da operadora. É importante ressaltar que somente os acadêmicos associados podem aderir ao plano. Ou seja, apenas aqueles que já tenham participado de uma cerimônia de acolhimento e recebido a sua carteira, um dos documentos obrigatórios à adesão.

O Acadêmico Aspirante interessado em aderir ao plano deve seguir o passo a passo e anexar os seguintes documentos no Gestão na Mão: cópia do RG; cópia do CPF, não pode ser só o número; cópia da Carteira de Acadêmico do Sindmepa e cópia do comprovante de inscrição do PIS/PASEP ou NIT. Verifique se consta no contracheque, carteira de trabalho ou obtenha acessando o site: https://cnisnet.inss.gov.br/.

Assim como os médicos associados, os acadêmicos ainda podem incluir dependentes, como cônjuge, filhos e enteados. Quem já tem plano de saúde pode fazer a portabilidade dentro do próprio sistema. Mas caso opte por entrar agora em março, não terá carência, valendo a pena fazer a adesão sem necessidade de recorrer à portabilidade.

Para mais informações sobre o plano de saúde Unimed, ligue: (91) 98895-3103 ou 3224-3096. Caso deseje fazer parte do projeto Acadêmico Aspirante, basta se inscrever pelo site: https://bit.ly/3xWNqam.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará