WhatsApp: (91) 8895-3102
Afiliado a:

Cai incidência de Síndrome Respiratória Aguda no Brasil

0

O mês de setembro teve a menor incidência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) desde o início da pandemia de covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 30, no Boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Nesse cenário, setembro conseguiu superar agosto como o mês com o menor número de casos de SRAG, complicação frequentemente associada à covid-19.

Segundo o Boletim, há uma tendência de queda ou estabilidade nas hospitalizações por síndromes respiratórias em 25 unidades da federação, sendo Amapá e Distrito Federal as únicas exceções.

Contudo, o boletim ressalta que apesar de a manutenção de queda nos casos associados à covid-19 ser estável, o vírus influenza A apresentou aumento especialmente em São Paulo e no Distrito Federal. As autoridades de saúde devem se atentar a esse movimento, pois as duas unidades da federação têm um fluxo de passageiros importante para outras capitais brasileiras.

É importante destacar que, assim como a vacina da covid-19, a vacina da gripe tem como foco evitar internações ou agravamentos associados ao vírus. Por isso, é fundamental que não deixem a vacinação para depois.

Com informações de Agência Brasil

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará