sex

jul 12, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

sex

jul 12, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Núcleo Acadêmico renova interesse pela luta dos médicos no Pará

Orgulho e responsabilidade com a categoria médica. Esses são os sentimentos mais citados pelos integrantes que assumiram esse ano o Núcleo Acadêmico do Sindicato dos Médicos do Pará. A nova gestão consolida um trabalho que foi idealizado em 2013, e concretizado em 2018 com a criação do Núcleo como uma extensão estudantil do Sindmepa.

Ao lado do projeto Acadêmico Aspirante, que associa estudantes de Medicina ao Sindicato, o Núcleo fortalece a ligação com os futuros Médicos do Pará, transmitindo experiências que complementam a formação e amadurecem os profissionais.

Entre os estudantes que dirigem o Núcleo atualmente o foco é a conscientização para o futuro. “É uma honra que nos leva para além do glamour e da paixão que cercam nossa rotina profissional. Olhar e lutar, participar e perceber os problemas e as lutas da categoria médica, contribuindo de alguma forma, já como acadêmica. Isso amadurece nosso senso de Justiça. É uma oportunidade de nos preparar enquanto médicos”, garante Brenda Melo, Coordenadora Geral do Núcleo Acadêmico do Sindmepa.

A participação de acadêmicos do interior do Estado tem sido promovida pelo Núcleo como uma forma de ampliar o conhecimento da realidade do ensino da Medicina em todas regiões paraenses. A ação tem dado resultado, na diretoria – além de acadêmicos de Belém – há representantes de Altamira e Abaetetuba. “Poder iniciar um projeto de interiorizar a luta sindical enquanto estudantes de medicina e futuros médicos é gratificante. O Núcleo Acadêmico nos permite ter conhecimento da medicina real, nos mostra a verdadeira face da profissão que, como todas as outras, necessita de amparo e direitos”, ressalta Carlos Vitor Miranda, Diretor de Comunicação e Marketing do Núcleo. Ele destaca o senso crítico que essa experiência tem propiciado sobre decisões tomadas pela comunidade médica. “O Núcleo Acadêmico abre portas para os futuros médicos e, sem dúvida, é extremamente importante para a formação acadêmica e profissional”, complementa Carlos.

A representatividade estudantil no Sindmepa soma hoje 586 associados em todo o Estado. Força que a Direção considera essencial para a renovação da luta sindical.

“Os acadêmicos são o futuro da medicina e o presente do Sindmepa. São Diretores e participam das atividades e deliberações em conjunto com a Diretoria Colegiada. Estamos muito satisfeitos com a nossa iniciativa e a qualidade do trabalho que tem sido realizado pelo Núcleo Acadêmico”, diz o diretor do Sindmepa Waldir Cardoso um dos idealizadores e incentivador do projeto.

E a nova diretoria quer ampliar o interesse dos acadêmicos. O convite para participação de mais estudantes foi feito na posse e permanece no planejamento das ações para este ano, divulgando que além do trabalho junto à categoria, o Sidmepa oferece vários benefícios. “Gostaria de lançar o convite aos acadêmicos de Medicina a se tornarem Acadêmicos Aspirantes. Somos pioneiros nesse Projeto e vários estudantes de fora do Pará têm interesse em fazer parte, mas é exclusivo para nossos acadêmicos. É uma grande oportunidade fazer parte de um Sindicato forte. É gratuito ao acadêmico e ainda tem muitas vantagens como o plano de saúde da Unimed com o maior desconto do mercado (até 55%) e Uniodonto” destaca Isadora Freitas, Diretora de Extensão do Núcleo, concluindo que além de benefícios em lojas parceiras, há o engajamento em uma luta para toda a categoria de hoje e do futuro.

Veja mais

Mais populares: