qui

abr 18, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

qui

abr 18, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Residentes que denunciaram problemas na Santa Casa retornam ao programa

A Coordenação Geral de Residências em Saúde determinou que os médicos residentes em Anestesiologia da Santa Casa retornem às atividades, sob gerência da presidência da Comissão Estadual de Residência Médica do Pará (CEREM), enquanto apura o mérito da denúncia. Desde março, os residentes estavam em processo de exclusão após denunciarem irregularidades no programa e paralisarem as atividades em protesto. Relembre o caso: https://bit.ly/42BnP5U

A decisão da Coordenação Geral foi elaborada em reunião da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), que ocorreu nos dias 29 e 30 de março, e divulgada em 4 de abril.

“Foi uma conquista ter conseguido voltar às atividades. Estávamos há mais de um mês afastados por conta desse processo de desligamento que foi feito pela Santa Casa. Nesse período sem atividade nós estávamos sem ter prática, sem ter contato com a anestesia e somos residentes, aprendemos no dia a dia, nos aperfeiçoamos com a prática, então para a nossa formação estava sendo muito ruim”, conta um residente.

De acordo com a súmula da reunião, o Programa de Residência Médica de Anestesiologia da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará está em supervisão, na modalidade diligência (investigação), e no prazo máximo de até 30 dias a unidade receberá visita de verificação por um avaliador externo.

Durante a diligência, o Programa da Santa Casa está proibido de realizar processo de seleção para novos médicos residentes. Se a Comissão Nacional de Residência Médica identificar alguma irregularidade, poderá adotar medidas punitivas, inclusive, descredenciar o programa.

A súmula ainda prevê que os locais de rodízio necessários para execução da matriz de competências, caso não estejam contemplados na instituição, devem ser reorganizados de modo a preservar o treinamento dos médicos residentes.

A Comissão Estadual de Residência Médica do Pará decidiu pela transferência dos profissionais, por 60 dias, para o Hospital Universitário João de Barros Barreto, Hospital Regional Dr. Abelardo Santos e Hospital de Clinicas Gaspar Vianna. Os médicos residentes retornaram às atividades nesta quarta-feira (12).

“Essa transferência foi muito boa, porque a gente foi para um local que não tem conflito de interesses, a gente se sentiu de fato acolhido pelo serviço e isso gerou um pouco mais de tranquilidade. A gente espera que nesse período de diligência da Santa Casa as denúncias realmente sejam apuradas e essas questões sejam resolvidas. Temos receio de voltar para a Santa Casa, porque quem comanda o Hospital é uma das pessoas que está à frente da nossa expulsão, então não nos sentimos seguros, mas esperamos que o MEC e o Ministério Público tomem as medidas cabíveis e a gente consiga seguir no Programa de Residência”, ressalta o residente.

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que