dom

maio 19, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

dom

maio 19, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Núcleo Acadêmico lança campanha contra o assédio

O Núcleo Acadêmico do Sindmepa está lançando uma campanha contra o assédio no meio médico e acadêmico. O assédio se caracteriza pela regularidade de ataques, seja verbal ou não, com o objetivo de desestabilizar emocionalmente a vítima, por meio de situações constrangedoras e humilhantes, visando afastá-la do local de trabalho ou estudo.

O impacto do assédio moral na classe médica é extremamente preocupante, pois pode comprometer a boa prática profissional e acadêmica. O assédio moral acontece quando alguém expõe outra pessoa a situações humilhantes, constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho ou estudo.

Existem ainda o assédio moral-organizacional, que acontece quando a instituição, pública ou privada, é conivente com condutas abusivas reiteradas; e o assédio sexual, que se caracteriza por toda conduta de conotação sexual praticada contra a vontade de alguém. Segundo pesquisa realizada e publicada pela Medscape, em 2019, médicas e acadêmicas são as mais atingidas por essas práticas, num percentual quase duas vezes maior que os homens.

Hugo de Oliveira, diretor de interiorização do Núcleo Acadêmico, explica que a campanha surgiu a partir de denúncias enviadas ao Sindmepa de forma anônima, o que revela a incidência dos casos e o medo por represálias.

“O objetivo é conscientizar médicos e acadêmicos a se reconhecerem enquanto potenciais vítimas de práticas abusivas, identificá-las e denunciá-las. No âmbito acadêmico, observou-se muitos casos de assédio de professores contra alunos nos últimos anos, o que também nos fez abranger os alunos nesta grande campanha”, ressalta.

A campanha contra o assédio no meio médico e acadêmico será apresentada ao público já nesta sexta-feira (18), na Semana do Calouro na Unifamaz, e na próxima segunda-feira, durante o evento de recepção aos calouros da UFPA.

A ação contará ainda com conteúdos digitais, para conscientizar a classe médica por meio das redes sociais, e uma cartilha com informações pertinentes aos tipos de assédio e como estes podem ocorrer no dia a dia.

“A iniciativa é de extrema importância para não só chamar atenção para este grave problema, como também para estimular vítimas a denunciar ao Sindmepa a situação para que possamos tomar providências”, frisa o diretor financeiro do Sindicato, Waldir Cardoso.

O Sindicato dos Médicos do Pará mantém uma plataforma de demandas online para receber todo e qualquer tipo de denúncias. Acesse em: sindmepa.org.br/sindmepa-demanda/

Veja mais
Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

Músico apresenta Através do Tempo na Quarta Musical

José Maria Bezerra volta à Quarta Musical do Sindmepa com o show “Através do Tempo”, título do álbum lançado em março deste ano. O músico apresentará o repertório autoral em

Sindmepa Informa – 18.09.2023

Sindmepa Informa – 18.09.2023

PARALISAÇÕES Médicos das UPAs Marambaia, Jurunas e Terra Firme comunicaram ao Sindmepa na ultima sexta-feira que iriam paralisar os atendimentos nas unidades novamente por atraso de pagamento. O último repasse

CFM atualiza termos para publicidade médica

CFM atualiza termos para publicidade médica

Após processo que durou mais de três anos, o Conselho Federal de Medicina atualizou as regras de publicidade médica. Para definir as novas diretrizes foi realizada uma consulta pública, que