dom

abr 14, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

dom

abr 14, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Médicos do Jurunas reivindicam pagamento de julho

Os médicos da Unidade de Pronto Atendimento do Jurunas comunicaram ao Sindmepa nesta quarta-feira (18) que irão paralisar as atividades a partir do dia 21, em reivindicação ao pagamento de julho. Segundo a categoria, o último pagamento foi referente ao mês de junho, realizado no dia 13 de setembro.

O pagamento dos médicos deveria ser feito em até 45 dias após o mês de plantão, mas os valores referentes ao mês de julho estão com mais de 90 dias em atraso, de acordo com a categoria.

O Sindmepa presta total apoio aos médicos da UPA do Jurunas e lamenta que mais uma vez os profissionais precisem recorrer à paralisação para ter garantido o direito de receber pelo serviço prestado à Organização Social InSaúde. O atraso de mais de 90 dias só demonstra a desvalorização da categoria por parte da gestão.

Mesmo sem receber os valores devidos, os profissionais seguem cumprindo as escalas de plantões. Caso não haja resposta sobre a regularização dos pagamentos, os médicos darão início à paralisação, restringindo os atendimentos à 30% do fluxo, mantendo assistência aos pacientes graves, classificados em laranja e vermelho.

O Sindmepa aguarda o posicionamento da gestão municipal para resolução do caso e se mantém à disposição dos médicos.

Veja mais
Nota de Repúdio: DELEGADO PRENDE MÉDICO ARBITRARIAMENTE

Nota de Repúdio: DELEGADO PRENDE MÉDICO ARBITRARIAMENTE

A Federação Médica Brasileira (FMB), divulgou nota repudiando a prisão arbitrária de um médico em Terra Santa, na última quarta-feira (10). O profissional foi detido por, supostamente, exercer ilegalmente a

Prisão de médico em Terra Santa foi arbitrária

Prisão de médico em Terra Santa foi arbitrária

O Sindicato dos Médicos do Pará repudia a arbitrária prisão e exposição na mídia de um médico em Terra Santa, na última quarta-feira (10). O profissional foi preso enquanto atendia

Palavra de Médico – Catarata

Palavra de Médico – Catarata

De acordo com pesquisa do Instituto Penido Burnier divulgada em 2023, a catarata foi 18% maior em mulheres. A doença foi responsável por mais de 60 mil internações entre os