ter

maio 21, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

ter

maio 21, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Médica paraense é premiada com a medalha Bigelow, em Boston

O Sindicato dos Médicos do Pará parabeniza a médica paraense Angelita Habr-Gama. Natural do Marajó, especialista em cirurgia do intestino, ela se tornou a primeira mulher no mundo a ganhar a medalha Bigelow, criada em 1916, como uma homenagem oferecida pela tradicional Sociedade de Cirurgia de Boston, dos Estados Unidos, para cirurgiões que tenham contribuído para o progresso científico e ensino da cirurgia. A premiação foi no último dia 6 de novembro.

A Sociedade de Cirurgia de Boston destacou a pesquisa inovadora de Angelita e colegas sobre o uso de quimioterapia e radioterapia para o tratamento de câncer de reto sem a obrigatoriedade de posterior cirurgia.

O protocolo, criado na década de 1990 pela médica, previa que, em vez de operar todos os pacientes com esse tipo de tumor, se utilizasse quimioterapia e radioterapia, examinando-se periodicamente o paciente para verificar quem ainda apresentava a doença.

O grupo de pesquisa constatou que, em muitos casos, a doença desaparecia e não era necessário intervenção cirúrgica na qual, muitas vezes, removia-se o reto e o esfincter, obrigando o paciente a usar permanentemente uma bolsa de colostomia. A abordagem, portanto, garantia o mesmo resultado aos pacientes que tivessem resposta satisfatória à químio e radioterapia, mas, com grande impacto positivo na qualidade de vida do doente.

A médica é graduada pela Universidade de São Paulo (FMUSP), foi a primeira mulher a fazer residência em cirurgia no Hospital das Clínicas da USP. Ao fim da residência, ela decidiu especializar-se nas operações do intestino e buscou um estágio no Hospital St. Marks, em Londres, único no mundo focado nessa especialidade, onde foi admitida em 1962.

Com mais de 60 anos de carreira, Angelita Habr-Gama é a primeira mulher e primeira profissional da América Latina a receber a medalha.

Veja mais
Núcleo Acadêmico consolida ação social do Sindmepa

Núcleo Acadêmico consolida ação social do Sindmepa

Com atendimento médico, psicológico, consultoria jurídica e educação em saúde, a 2° edição do "N.A em Ação" cumpriu sua missão junto à comunidade do bairro do Aurá, em Ananindeua, no

Sindmepa Informa – 20.05.2024

Sindmepa Informa – 20.05.2024

SESMAO Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa) solicitou ao secretário municipal de Saúde, Pedro Anaisse, uma solução para o problema dos plantões dos cirurgiões que atuam o Hospital de Pronto-Socorro

Novo Acordo Coletivo de Trabalho garante melhorias aos médicos da EBSERH

Novo Acordo Coletivo de Trabalho garante melhorias aos médicos da EBSERH

Em Assembleia Geral Extraordinária, realizada na segunda-feira (13), médicos prestadores de serviços à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH, tomaram conhecimento do Acordo Coletivo de Trabalho firmado a nível