sáb

jul 20, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

sáb

jul 20, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Núcleo Acadêmico apresentará oficina e trabalhos no décimo CRENEM

A diretoria do Núcleo Acadêmico do Sindmepa participará ativamente do décimo Congresso Regional Norte de Educação Médica – CRENEM, realizado pela Associação Brasileira de Educação Médica, com apoio do Sindicato dos Médicos do Pará. Os representantes obtiveram a aprovação de sete trabalhos acadêmicos e irão apresentar uma oficina sobre Sindicalismo Médico.

O evento ocorrerá em Belém, de 12 a 14 de abril, como um dos principais espaços de construção da educação médica. A oficina realizada pelos estudantes fará parte do segundo dia de evento.

A Diretora de Ensino do Núcleo Acadêmico, Sarah Câmara, trabalhou na elaboração da oficina “A construção do ser sindicalista” e explica que a apresentação tem como objetivo levar informações sobre o sindicalismo médico aos acadêmicos e também desmistificar certos estereótipos que são criados em torno do movimento.

“A oficina vem justamente para ajudar na construção embasada do que é o sindicalismo e sua importância para a classe médica. A equipe está muito bem estruturada e empenhada em fazer um bom trabalho”, frisa a diretora.

Entre os trabalhos inscritos pelo Núcleo Acadêmico no décimo CRENEM, estão estudos acerca do transtornos de déficit de atenção e hiperatividade, formação médica no Brasil, adaptação da educação médica no contexto de epidemias, e relatos de experiências.

Além disso, a Diretora Geral do Núcleo Acadêmico, Maria Quaresma participará da mesa “A formação médica é um dispositivo para a cooperação? Como os estudantes têm vivido a Educação Médica?”, ao lado de representantes de ligas acadêmicas e associações no dia 14 de abril.

“Representar estudantes de medicina de um Estado de dimensões territoriais gigantestas como o Pará não é tarefa fácil. O convite para compor a mesa redonda é uma verdadeira honra. Os estudantes de Medicina e residentes do Norte precisam ser ouvidos e o CRENEM é a oportunidade perfeita para debater como os estudantes tem vivido a Educação Médica”, resume.

Veja mais

Mais populares: