seg

maio 27, 2024

Afiliado a:

Login

Espaço do Médico

seg

maio 27, 2024

Afiliado a:

Espaço Médio

Nota de Repúdio: DELEGADO PRENDE MÉDICO ARBITRARIAMENTE

A Federação Médica Brasileira (FMB), divulgou nota repudiando a prisão arbitrária de um médico em Terra Santa, na última quarta-feira (10). O profissional foi detido por, supostamente, exercer ilegalmente a medicina. Apesar de não possuir o Registro de Qualificação de Especialista (RQE) em Psiquiatria, o médico não está impedido de atuar na área.

Leia a nota na íntegra:

A Federação Médica Brasileira e Sindicatos de Base repudiam a forma arbitrária, equivocada e injusta que um médico foi preso em Terra Santa, cidade no interior do Estado do Pará. Mesmo tendo registro regularizado no Conselho Regional de Medicina, que garante sua atuação profissional, o delegado Weslley Vicente Cordeiro entendeu que o médico precisava ser preso em flagrante por exercício ilegal da medicina, sob a alegação de não ter Registro de Qualificação Profissional (RQE) para atuar em Psiquiatria.

O total desconhecimento da regulamentação profissional da Medicina por parte do delegado promoveu uma comoção na cidade, que assim como outras cidades do interior do Brasil, sofrem com acesso à saúde e muitas vezes, é exposta a atendimento por pessoas sem o legal registro no Conselho Regional de Medicina.

O médico, além de atender pacientes em outras áreas da Medicina, atendia também em Psiquiatria, área para a qual tem curso de pós-Graduação. Clamamos à secretaria de Segurança do Estado do Pará e às autoridades de Saúde do Estado e do Município de Terra Santa que tomem as providências cabíveis a esse caso.

O caso está sendo acompanhado de perto pela FMB por meio do departamento Jurídico do Sindicato dos Médicos do Pará, onde o médico vítima dessa arbitrariedade é filiado. O Conselho Federal de Medicina também será informado desse caso gravíssimo de acusação aleatória, vexatória e inapropriada.

Diante todas as dificuldades de incentivar o médico brasileiro a ir para os distantes rincões do Brasil, esse cenário se agrava quando é observado o abuso de autoridade policial para interferir no exercício legal da medicina.

A Diretoria

Brasil, 12 de abril de 2024.

Esse documento tem apoio dos Sindicatos de Base


SINDMED AC @sindmedacre
SINMED AL @sinmedalagoas
SINDMED AP
SIMEAM @simeamoficial
SIMEA Anápolis GO @sind.medicos.anapolis
SINDIMED Campinas e Região SP @sindimedcampinas
SIMEC CE @sindicatodosmedicosdoceara
SIMERSUL Criciúma SC @simersul
SINDMED ABC SP @casadosmedicosabc
SINDIMED Juiz de Fora e Zona da Mata
SINMED MG @sinmedmg

SINDMED MS @sinmedms

SINDMED MT @sindimed.matogrosso
SINDMEPA @sindmepa
SIMEPAR @simepar_med
SIMED PB @simedpb
SIMEPE @_simepe
SINDIMED RIO GRANDE RS
SIMERO @simero_oficial
SINMED RJ @sinmedriodejaneiro
SIMERS @simersoficial
SIMED RR
SIMESC @simesc_med
SINDOMED Santa Maria RS
SIMESUL Sorocaba e Região
SIMED TO @simedto

Veja mais
Palavra de Médico – Glaucoma

Palavra de Médico – Glaucoma

O glaucoma é uma neuropatia óptica, cujo principal fator de risco é o aumento da pressão intraocular e que pode causar principal uma cegueira irreversível. Segundo a Organização Mundial da

Nota de Pesar – Cid Fialho dos Reis

Nota de Pesar – Cid Fialho dos Reis

O Sindicato dos Médicos do Pará lamenta informar o falecimento do médico Cid Fialho dos Reis, ocorrido nesta quarta-feira (22). Dr Cid atuava como médico em Monte Alegre/Santarém, e foi

Novo Acordo Coletivo de Trabalho da EBSERH já está em vigor

Novo Acordo Coletivo de Trabalho da EBSERH já está em vigor

O Acordo Coletivo de Trabalho da EBSERH 2024/2026, firmado a nível nacional junto à Federação Médica Brasileira e outras entidades de classe, prevê reajuste de salários, auxílio alimentação, assistência odontológica,