Afiliado a:

Em Parauapebas, projeto põe em risco atendimento em saúde!

A Prefeitura de Parauapebas encaminhou projeto de lei para a Câmara para substituir a Lei que regulamenta os plantões dos funcionários da saúde pública, sem discussão com as categorias envolvidas. O Projeto do Executivo reduz os valores de plantões abaixo do valor da hora extra e prevê aumentos a cada três anos. Os médicos são os mais afetados pelas mudanças, com a maior redução de valores. Servidores encaminharam emendas ao Legislativo.

Em uma Região onde já é difícil conseguir médicos para manter o atendimento à população, onde as escalas de plantão já estão cheias de falhas, se o Projeto de Lei passar na Câmara pode provocar a saída de vários médicos dos setores  emergência, internação e UTI, deixando milhares de pessoas desassistidas.

Representantes dos Servidores reunidos em Assembleia decidiram criar uma comissão e propor emendas para evitar um grande impacto no atendimento à população. Agora o futuro da saúde pública da Cidade está nas mãos dos Vereadores.

Foto: Sinseppar

 

Deixar um comentário